quinta-feira, 21 de junho de 2018

Se eu ganho pouco dinheiro, devo investir? Ou não vale a pena?


Este é um post de um blog espanhol que eu traduzi e fiz alguns ajustes. Se você quiser ler o original clique aqui.

Muitas pessoas fazem essa pergunta (do título). E investir é importante e necessário, independentemente do que você ganha . E vale sempre a pena porque suas consequências são positivas para sua vida e seu futuro.

Se o seu objetivo é conseguir a independência financeira e se aposentar antes de atingir a idade de aposentadoria proposta pelo governo, o importante não é quanto dinheiro você ganha por mês, mas sim o tanto que você consegue poupar, ou seja, gastar menos do que ganha.

Independentemente do que você ganha, se a sua vida normal você começa a gastar cerca de 20% a menos do que o que você ganha, então, se você investir bem você pode alcançar sua independência financeira em cerca de 30 anos* de trabalho , poupança e investimento contínuo. 

É inútil ganhar muitos reais por mês, se você se acostumou a um ritmo de vida tão alto que você gasta quase tudo e mal economiza. Por exemplo, se você tem um salário maravilhoso de R$ 10.000,00 por mês e se você gastar R$ 9.500,00, ou seja, "apenas" poupa R$ 500,00 por mês (5% de poupança), você não será capaz de alcançar sua independência financeira nem em 50 anos de trabalho , por mais que você acumule, já que seu ritmo de vida é muito alto e você precisa de muita renda passiva para cobrir suas "necessidades".

No entanto alguém que ganhe R$ 1.000,00 por mês, e tem um padrão de vida baixo, mas com uma vida aceitável e feliz (sem egos irracionais, como não querendo ter o melhor carro do que o próximo, e sem caprichos excessivos, mas satisfazendo suas necessidades básicas), e se puder gastar 20% a menos do que ganha (poupança de R$ 200,00 por mês), e investir bem por cerca de 30 anos , então ele poderia ser financeiramente independente e viver muito economicamente calmo após sua aposentadoria com cerca de 55 anos de idade (Considerando que você comece a investir com 25 anos). Isso é verdade, desde que seu ritmo de vida e gastos permaneça estável, isto é, não cresça mais do que a inflação.

Você pode se perguntar, como é possível que alguém que ganhe R$10.000,00 por mês e economiza R$ 500,00 não possa se aposentar após 30 anos de trabalho e alguém que ganhe apenas R$ 1.000,00 e economiza R$ 200,00 por mês, pode? A chave é controlar o seu ritmo de vida e ser disciplinado e economizar pelo menos 20% do seu salário e investir com paciência e sem pausa . Já se sabe que "não é mais rico quem tem mais, mas quem menos precisa". E eu acrescentaria: "... e ele sabe investir usando sua boa educação financeira".


É verdade que aqueles que ganham mais, em princípio, teriam mais facilidade em obter independência financeira, só precisam aprender a baixar seu padrão de vida e economizar mais. Mas posso assegurar-lhes que, sem uma boa educação financeira, essas pessoas que ganham muito não conseguirão sua independência porque não têm a mentalidade adequada. Mentalidade se eles têm "os realmente ricos": aqueles que precisam menos do que eles e investem o resto . A chave é investir pelo menos 20% do que você ganha. Não funciona 5%, nem 10%, talvez 15% sim, mas garanto que com 20% de economia, e quanto mais porcentagem melhor, é possível atingir seu objetivo.

Todos devem poupar, investir e, se você quiser, também pode lutar para alcançar sua independência financeira. Você pode melhorar sua vida futura e aproveitar o caminho, aplicando os conselhos financeiros que tem nos blogs da finansfera e nos nos livros sobre investimentos. Se você propõe, você vai conseguir. A estrada não é fácil e é muito longa, mas vale a pena tentar. Eu mesmo estou em busca.

Investir na sua carreira para aumentar a sua renda é um dos melhores investimentos. Fazendo isso a sua corrida se torna mais curta.

*Baseado na tabela do MMM são 37 anos para atingir a IF. Acredito que aqui o autor usou outra fórmula. Claro que isso não é uma matemática exata. Isso pode ser atingida até com menos tempo dependendo do ganho de capital.

Abraços, 
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Proventos Recebidos - Maio de 2018

Olá senhores (as).

Mais um mês de proventos recebidos. A média está sendo muito boa. Daria para receber até mais se tivesse mais FII's na minha carteira, mas acredito que no longo prazo as ações de boas empresas são melhores.

Estou comprando mais ações de empresas boas com a bolsa em queda, isso faz com que eu tenha mais ações com menos dinheiro e com isso a tendência são mais proventos na minha conta. Eu foco mais em proventos, apesar de possuir empresas de crescimento na minha carteira. Acredito que é a forma mais segura de investimento.

A minha previsão é dobrar os proventos recebidos em relação ao ano passado. Esses proventos vêm dos FII's e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Abril: R$ 583,66
Proventos Total ano 2018: R$ 3.398,57

Proventos Total ano 2016, 2017 e 2018: R$ 6.398,50

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos  






 É isso pessoal. Espero que neste ano de 2018 eu consiga bater minha meta (6k) de proventos.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

sábado, 9 de junho de 2018

The China Hustle - Como enganar os investidores

Olá pessoal.

Essa é uma indicação de um documentário para assistir que está disponível na Netflix. Nele mostra como os banqueiros estão usando empresas fraudulentas chinesas que entram na bolsa americana com objetivo de captar dinheiro dos investidores desatentos. Essas empresas mentem e ocultam a sua contabilidade e muito mais. Não vou falar tudo aqui. Assistam, vocês não vão se arrepender. 

Clique aqui para assistir.

Abaixo o trailer do documentário.

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Maio de 2018: R$ 160.740,57

Olá Senhores (as),

Mais um fechamento de 2018. Agora o do mês de maio. Esse mês foi o mês mais vermelho que já tive na minha vida de investimentos e não será o último. Meu patrimônio recuou muito, mas isso é coisa de curto prazo. Como meu investimento é de longo a prazo, estou ciente dessas coisas e isso não faz com que eu perca o meu sono.

Atualmente eu tenho 15 ações na minha carteira e 10 FII's. Nenhum ativo variou para cima. Três ações foram mais responsáveis para essa grande queda. Eu comprei elas na queda, só que elas caíram mais ainda. Essas ações são CIEL3, UGPA3 e KROT3.

Eu fiz um aporte de R$ 3.500,00 no projeto Boi Gordo e neste mês não vou aportar nesse projeto. Meu irmão está conversando com um cara que está querendo entrar como sócio. Esse boiadeiro entra com o gado ganhando uma porcentagem e meu irmão entra com a ração. Tomará que dê certo. Esse cara tem muito gado e tem muitos contatos. Nos próximos posts falarei se deram certo ou não.

Os aportes foram em FII's e no projeto Boi Gordo. Por enquanto TD sem aportes no ano.

Saldo Anterior: R$ 176.110,50
Aporte Anterior: R$ 6.060,40

Patrimônio líquido: R$ 160.740,57
Aporte em FII's: R$ 1.886,04
Aporte em Gado: R$ 3.500,00
Aporte Total: R$ 5.386,04




Rentabilidade detalhada


A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas. Diminuir a minha quantidade de corridas de 5 vezes para 3 vezes. Andei refletindo e vi que é besteira ficar me matando nas corridas sendo que eu não tenho objetivo de ser profissional e nem ganhar nada de dinheiro com isso. O meu objetivo na verdade é me manter magro e saudável e com 3 corridas por semana já é bastante.

Comprei minha passagem para Santiago e reservei o hotel. Percebi que essa viagem vai ficar cara, mas como meu objetivo é conhecer o exterior, não posso ficar pensando nisso.

A alta do dólar está impactando um pouco nas minhas aulas de idiomas. Complicado viver em um país com moeda fraca.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

terça-feira, 29 de maio de 2018

Projeto Boi Gordo - Desempenho


Para quem não sabe, eu estou com um projeto que é investir em gado. Para saber mais clique aqui. Eu fiz uma parceria com meu irmão que está criando gado confinado para vender. Na verdade eu entrei mais para dar uma ajuda, pois ele tem a ração, mas não tem muito capital para comprar gado. Atualmente eu investi apenas 8k, pois quero ver como esse negócio vai andar.

No momento ele tem uns gados comprados com o dinheiro dele e uns com o meu. Até agora foram vendidos 2 gados comprados com o meu dinheiro. Uma vaca e um boi. Como já falei aqui no blog algumas vezes, eu não gosto de investir em nada que está longe de mim, no caso, investir em gado é uma delas. Como não quero ver meus irmãos pobres, eu propus a dar uma "ajuda", mas com algumas ressalvas.

Uma das ressalvas era para não comprar boi, pois é complicado para vender na região e também que é um animal muito caro devido ao seu tamanho. Então, ele tem que focar mais em vacas que é mais fácil para vender e comprar. Só que ele fez uma burrice em comprar um boi e acabou pagando com meu dinheiro. E claro que eu reclamei e falei para ele nunca mais fazer isso. Ele é um cara muito trabalhador, mas para negócios é bem fraco. O cara já inventou ser várias coisas, como: criar boi para rodeio, vacas leiteiras. Mas nada disso deram certo. No entanto, com esse negócio atual, tem tudo para dar certo se ele seguir tudo o planejado.

Por que esse negócio pode dar lucros?


Meu irmão aprendeu a fazer uma ração com um cara e que as vacas estão ficando pronta para venda com 30, 40 e 60 dias. E com isso dá para ele ter um lucro muito bom. Algumas vacas dele ficaram prontas com 30 e outras com 40 dias. E obtendo um lucro bruto de 30% a 55%. Isso é ótimo caso ele mantenha tudo a risca.

Só que ele e eu acabamos levando ferro no boi, pois ele o comprou por um peso, mas quando foi vendê-lo o boi pesou apenas 1 arroba a mais e mesmo assim com o preço de R$ 5,00 a menos a arroba.

Como ele fez esse negócio da china?
Ele comprou o boi no "olho", ou seja, sem pesa-lo, apenas confiando na "experiência" de prever o peso. Ele e o vendedor basearam 22 arrobas, só que quando ele foi buscar o boi o dono disse que eles tinham acertado em cheio, pois pesou o boi no vizinho e que ele pesou o previsto e pouquinho a mais. 

Esse boi ficou quase 60 dias na engorda e segundo meu irmão, o boi estava "podre" de gordo. Só que quando colocou o boi na balança (meu irmão estava presente) do comprador ele pesou apenas 23 arrobas. Segundo meu irmão que testou a balança, ou seja, ele subiu nela e o peso dele estava correto.
Logo foi "erro" da balança anterior.

Eu fiquei muito puto com esse negócio, pois antes dele comprar o boi já tinha falado para ele não comprar nada de gado macho, mas mesmo assim ele o fez. Falei para ele sempre pesar quando for comprar e vender. E sempre questionar o peso caso esteja em dúvida. E claro, nunca comprar bois neste início de negócio, pois os compradores locais não gostam muito de bois.

Investir em alguns negócios de longe é muito arriscado, tem que confiar muito no próximo. Eu invisto nesse negócio para ver se meu irmão endireita na vida, pois não quero ver minha família ruim das pernas. Eu tive lucro de 4% em 40 dias de uma vaca, mas prejuízo de R$ 25,00 no boi. Espero que tudo dê certo de agora para frente, pois se meu irmão fazer mais burrice eu irei sair do negócio.

Obs.: Para quem já leu o post eu atualizei algumas informações do texto. No caso das informações das inconsistências das balanças.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Como economizar com plano de saúde


Pelo que mostram muitas pesquisas é que a maioria dos brasileiros não tem plano de saúde. Muitos por não ter condições de pagar. E o que resta é ser atendido pelo SUS, que muitas das vezes não oferece um bom suporte devido o descaso dos governantes com a saúde pública. Isso geralmente ocorrem mais nas grandes cidades, devido a grande quantidade de pessoas. Em muitas cidades pequenas e de porte médio o SUS oferece um atendimento de regular a ótimo.

O Brasil com essa crise, o povo está sem dinheiro, sem emprego e outros que tem empregos procuram cortar alguns gastos. Mas mesmo assim não querem ficar sem plano de saúde. Dependendo da pessoa, ter um plano de saúde é essencial. Por exemplo, quem tem filhos pequenos, pessoas idosas ou quem tem alguma doença crônica. E ficar dependendo do SUS para tudo às vezes não é o essencial.

O que muita gente não sabe é que tem vários tipos de planos e que eles podem ser adquiridos conforme a sua necessidade, por exemplo, plano básico, plano intermediário, plano executivo.

Plano básico

  • Abrangência regional e também pode ser nacional. 
  • Cobertura de exames simples.
  • Quartos coletivos.
  • Cobre sessões de fisioterapia, mas é limitado.

Plano intermediário

  • Abrangência regional e também pode ser nacional.
  • Cobertura de exames simples e mais complexos.
  • Quartos individuais.
  • Cobre sessões de fisioterapia e também sessões de quimioterapia.

Plano executivo

  • Abrangência nacional e assistências em viagens internacionais.
  • Os quartos já são maiores e melhores e individuais.
  • A quantidade de laboratórios que atende já é bem maior.
  • Cobre quimioterapia e fisioterapia.


Plano de abrangência regional


Esse plano pode incluir todos os tipos de plano, mas a sua abrangência é regional. Geralmente atende em uma região, como uma capital e seus entornos. Esse plano é bem mais barato do que o de abrangência nacional. E dependendo da cidade é bem melhor adquiri-lo do que um de nível nacional. A maioria das capitais tem hospitais bons e clínicas boas. Para quem não viaja muito esse plano está de bom tamanho. 

Plano de abrangência Nacional


Esse plano pode incluir todos os tipos de planos e geralmente tem assistência internacionais. Porém é bem mais caro. Chega a ser o dobro do preço. Claro que tem muitas vantagens, mais para pessoas que passam 90% do tempo em sua cidade e quer "economizar" ou não tem muitas condições para pagar esse plano é melhor ter um regional.

Existem outras formas de classificações de planos e combinações. O que você pode fazer é perguntar a empresa (do plano) quais são as opções, o que tem incluso ( o que atende/cobre) e adquiri-lo conforme a sua necessidade. 

Eu mesmo troquei meu plano de abrangência nacional por um plano de abrangência regional. E a diferença de preço é praticamente o dobro.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Qual foi o seu primeiro investimento?

Algumas pessoas começam a investir desde novo já outras quando estão adultas e outras praticamente não investem. Nesse caso estou falando de investimento financeiro, imóveis, gados, etc. Não vou entrar em investimentos como educação e outros similares. Vou contar uma historinha como eu comecei.

Eu comecei a investir quando era criança. Na verdade foi com ajuda de meu pai, pois pela minha idade que na época era de 6 anos eu não tinha saberia em fazer um negócio 100% sozinho, mas já tinha sabedoria em reconhecer o que meu pai estava fazendo.

Na zona rural, geralmente os afilhados ganham presentes de seus padrinhos. E no meu caso eu ganhei um leitão da minha madrinha. Tive a sorte de ter pais que não comem as coisas dos filhos. Falo isso porque eu conheço muitos pais que vendem as coisas dos filhos, meu pai que é padrinho de várias pessoas já "cansou" de presentear seus afilhados e os pais deles comem tudo, em vez de começar fazer um patrimônio para o filho.

No meu caso, meu pai engordou o leitão e vendeu. Ele ficou com o dinheiro, mas me deu uma bezerra quando uma vaca dele pariu. Eu lembro disso com perfeição, parece que foi ontem. Era uma bezerra castanha e tive a sorte dela não morrer e parir várias vezes. E claro, suas filhas também pariram, assim aumentado a quantidade de animais.

Antes de eu sair da roça para ir estudar eu comprei algumas vacas, mas o que me ajudou foi o primeiro investimento. Esse investimento foi o que me ajudou a bancar meus estudos. Nem sei se estaria hoje aqui escrevendo se não fosse isso. 

Eu fiquei muito puto depois que me formei, pois tinha gastado todo o meu patrimônio e só tinha um diploma e nem um centavo no bolso. Comei a trabalhar em empregos que remuneravam pouco e não sobrava quase nada para investir. Olhava para o passado e era mais pobre em comparação quando eu tinha 18 anos.

Porém tive a "sorte" de entrar no sistema e virar servidor público, e foi isso que me salvou da minha frustração de ter jogado tudo fora.

Eu contei essa história para abrir a mente das pessoas que é possível investir com pouco e que no longo prazo o patrimônio tende a ser grande. O Investidor Inglês fez um ótimo estudo de caso mostrando que investir com pouco dinheiro é possível ter um ótimo patrimônio no longo prazo. Clique aqui para acessá-lo.  Eu tenho um irmão que começou com uma galinha e conseguiu várias vacas. Então, você pode começar com 1 real, não precisa ter muito para começar a investir.

É isso pessoal. Conte nos comentários quando vocês começaram a investir.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››