domingo, 16 de setembro de 2018

Proventos Recebidos - Agosto de 2018

Olá senhores (as).

Mais um mês de proventos recebidos.  Mês de agosto foi muito bom. Nesses proventos estou incluindo a amortização (cerca de R$ 140,00) do MFII11, eu sei que não é um provento, mas para não ficar muito bagunçado achei melhor inclui no bolo. Mesmo tirando essa amortização, os proventos este mês foram bons.

Ultimante estou aportando apenas em ações. Estou aproveitando essas quedas e comprando ações boas que pagam bons dividendos há décadas.

A minha previsão é dobrar os proventos recebidos em relação ao ano passado. Esses proventos vêm dos FII's e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Agosto: R$ 997,66
Proventos Total ano 2018: R$ 5.422,28

Proventos Total ano 2016, 2017 e 2018: R$ 8.422,21

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos   






É isso pessoal. A meta de 6k está quase sendo batida.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Este blog apoia Bolsonaro


Eu nunca declarei meu voto aqui no blog, mas já comentei por aí que voto no Bolsonaro. Eu nunca fui muito de me importar com politica, mas de uns anos para cá comecei a me interessar.

Quando eu vivia na zona rural eu só tinha acesso a TV aberta e acreditava apenas no que ela noticiava. E claro, acreditava nas opiniões das pessoas do meu lugar. Cheguei até votar no Lula no 2º turno na reeleição dele. Não entendia esse negócio de esquerda e de direita, ideologia, etc. De onde eu sou praticamente todos votam no PT, pois eles querem viver de migalhas da bolsa família.

Na época do referendo para o desarmamento eu e minha família votamos contra o desarmamento, mas todos sabem que o congresso não foi a favor da população. Quem já morou na roça ou tem alguma consciência sobre isso sabe que é de extrema importância ter armas na zona rural, pois a força policial é longe e também é uma forma de se defender e também a propriedade.

Como falei, faz alguns anos que acompanho a politica, estudo um pouco e procuro saber o que os políticos andam pregando, discursando e os seus objetivos. Então, vi que a esquerda não me representa praticamente em nada. Conheci o Bolsonaro há alguns anos e gostei dos seu objetivos e acho que ele diferente da maioria dos políticos. Ele tem culhões para falar, não fica em cima do muro e não tem esse negócio de politicamente correto.

O que a esquerda prega por aí sobre Bolsonaro já foi provado que é mentira. Tenho muitos colegas (servidores públicos) que disse que não vota nele, pois ele vai privatizar muita coisa e eles podem perder o emprego ou não podem mais tentar mais concursos. Respondi a eles: O que adianta viver em país de merda, violento e que você não pode fazer nada com liberdade? Não pense somente em si, mas também no geral. 

Então, eu voto no Bolsonaro, pois já estou cansado dessa esquerda que nos fode há muito anos. Vou lhe dar um voto de confiança.

Vote 17 para presidente.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

sábado, 1 de setembro de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Agosto de 2018: R$ 170.521,41

Olá Senhores (as),

No mês de agosto a bolsa ficou no vermelho e não foi diferente dos meus ativos. O bom é que posicionei em empresas boas com preços mais baratos. A sangria continua, mas vou seguir com a minha estratégia que é investir em renda variável. Os fundamentos das empresas continuam bons e não há razão de mudar. Para nós que somos investidores, sabemos que não podemos levar muito em conta a loucura do mercado no curto prazo.

O Projeto Boi Gordo foi o único investimento que teve alta. Os outros ficaram no vermelho. Como tive perda de um animal no início do investimento e que é pouco, o lucro que tive não deu para cobrir toda a perda, mas não deixa de ser um bom investimentos, pois os números que estamos tendo não mentem. Agora que estamos com mais gado o dinheiro está fluindo melhor. 

Os aportes foram desse mês de agosto foram apenas em ações. Investi a restituição que recebi também. Foi pouca, mas ajudou bastante.

Saldo Anterior: R$ 166.997,32
Aporte Anterior: R$ 5.625,05

Patrimônio líquido: R$ 170.521,41
Aporte em Ações: R$ 7.833,31
Aporte Total: R$ 5.625,05



Rentabilidade detalhada


A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas, e toquei um pouco de violão. Foi pouco, mas já é um bom começo.

Os estudos de idiomas estão a todo vapor. O francês é novo idioma. Este estudo há 2 meses e o inglês estou me aprimorando mais na escuta e fala, já o espanhol que considero mais proficiente, mantenho lendo, assistindo coisas na internet e falando com nativos. Depois que atingir a fluência "total" no inglês e no francês, esse ultimo iniciante, verei se estudarei outro.

Como eu gosto de ler e mantenho lendo. A partir deste mês vou dar mais prioridade aos livros escritos nos idiomas que estudo. 

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Planeje seus objetivos para obter Independência Financeira


Planejamento é fundamental para qualquer coisa que pretendemos. É como a famosa frase diz: "Se você não sabe para onde quer ir, é provável que não chegue a lugar algum". Você tem que ter um plano financeiro específico.

Planejar seus objetivos financeiros e analisar seu progresso é algo básico e pode esclarecer muito o caminho para a independência financeira .

Apesar de que cada caso seja diferente vou descrever de forma genérica para dar uma base para quem busca e não sabe por onde começar. 

A primeira coisa que você deve fazer é ter uma reserva de emergência. Isso é importante, pois se acontecer algum imprevisto a RE fará que suas metas não sejam quebradas. Para mais informações sobre leia aqui.

Defina metas por prazos. Faça metas de curto prazo e longo prazo. 
Os objetivos de curto prazo eu defino anualmente, e objetivos de longo prazo (o objetivo final, independência financeira ou "aposentadoria antecipada").

As metas de curto prazo são essenciais para avaliar se o caminho para o objetivo final está sendo seguido.

A seguir apresentarei um exemplo com dados específicos sobre quais poderiam ser os objetivos financeiros de uma pessoa comum.

Metas Anuais


Este tipo de meta é muito importante, pois nos permite fazer revisões anuais do nosso percurso e nos ajuda a não nos desviar do caminho.

Todos os anos, você deve definir metas anuais e, no final do período, deve analisá-las para ver o que funcionou e o que não funcionou, onde você pode melhorar e onde você poderia até mesmo extrair um pouco mais.

As metas anuais podem ser divididas da seguinte forma:

Renda normal


Esta categoria é para alguém que trabalha e tem um salário fixo no final do mês.

Renda extra


Renda extra pode ser alcançada de várias maneiras, seja por fazer horas extras, vendas de produtos, aulas particulares, ou seja, tudo aquilo que é fora do salário fixo.

Juros e proventos (dividendos e juros sobre capital)


O objetivo final é obter renda passiva para que eles cubram suas despesas anuais, até que eles estejam altos ao ponto de se aposentar. A IF é alcançada quando o seu rendimento passivo excede as suas despesas, então o seu objetivo deve ser aumentá-lo ano após ano.

Despesas


Como moramos em um país que a inflação é instável e alta, as despesas são algo difíceis de definir corretamente e também por causa de imprevistos, mas tente ao máximo cortar as despesas que realmente não contribuem com nada, estabeleçam metas específicas e tentem satisfazê-las.

Poupando


Aqui você vai subtrair receitas pela despesas. Defina uma poupança realista e ambiciosa e esforce-se para alcançá-la. Você deve poupar no minimo 30% do líquido na minha opinião. Mas o importante é poupar e trabalhe para aumentar isso ao longo dos anos.

Investimentos


Para alcançar a independência financeira você precisa investir o dinheiro. Faça um plano para isso. Você tem que ter clareza sobre como você quer que sua carteira seja no longo prazo e você tem que planejar especificamente quanto você vai investir a cada ano e como você vai fazer isso para atingir esse objetivo.

Por exemplo: Investir 50% em renda fixa e 50% em renda variável. Não girar patrimônio é essencial. Siga sua estratégia e não copie ninguém.

Análise de resultados


Na minha opinião no curto prazo (meses) é muito difícil avaliar os resultados, pois o mercado é meio louco. É essencial analisar os resultados anualmente para melhorar o que for necessário e ajustar as metas para o próximo ano.

Exemplo


Vamos ver um exemplo que poderia ser aplicado perfeitamente a mim.

Quanto preciso para viver?


Como eu pretendo mudar da cidade grande quando atingir a IF, então R$ 3.000,00 por mês para eu viver é o suficiente, então esse é um objetivo que eu quero alcançar através de renda passiva para parar de trabalhar em serviço formal. 

É importante notar que a inflação é algo que deve ser levado em conta em todas as simulações, e aqui se aplica.

Os R$ 3.000,00 por mês aqui é calculado sobre os efeitos da inflação.

Quanto dinheiro eu preciso no total para conseguir esses R$3.000 por mês?

Aplicando a regra dos 4% (leia sobre essa regra aqui e aqui) na minha carteira. Precisarei de R$ 36.000,00 por ano em uma carteira de R$ 900.000,00. Aqui estou assumindo que esses 4%  sejam obtidos através de dividendos e juros.

Considera-se que não precisarei economizar, já que vou ter o dinheiro investido e ele aumentará exponencialmente sem ter que colocar mais dinheiro. Mas se sobrar algo é importante aplicar, assim faz com que seu dinheiro aumente mais.

Para fazer uma simulação clique aqui.

Siga seu plano e a IF será alcançada. Eu estou seguindo o meu.

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Proventos Recebidos - Julho de 2018

Olá senhores (as).

Mais um mês de proventos recebidos.  Mês de julho foi um pouco menor em comparação ao mês anterior, mas em comparação ao mesmo mesmo ano passado o aumento foi bem significativo. O yield não está muito bom, mas aos poucos está crescendo ao passar dos anos.

Acredito que nos próximos meses o valor dos proventos recebidos vão aumentar devido a maior quantidade de dinheiro aportado em ações.

A minha previsão é dobrar os proventos recebidos em relação ao ano passado. Esses proventos vêm dos FII's e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Julho: R$ 475,57
Proventos Total ano 2018: R$ 4.424,62

Proventos Total ano 2016, 2017 e 2018: R$ 7.424,55

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos  





 É isso pessoal. Espero que neste ano de 2018 eu consiga bater minha meta (6k) de proventos.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Dance conforme a música


Eu vejo muitas pessoas reclamando da vida. Que a vida está difícil, que não tem dinheiro, que não tem emprego, que não arrumou um emprego na sua área de formação, ou seja, muitas reclamações. Eu era uma dessas pessoas, mas eu procurei mudar e aprender com os meus erros e comecei a dançar conforme a música.

Eu sai da zona rural para fazer um curso na área de tecnologia da informação (TI). Eu acreditava e todo mundo do meu convívio que fazer uma graduação te daria um bom emprego e que você se tornaria bem sucedido. Só que lá pelo meio do curso vi que toda aquela maravilha que falavam sobre cursos superiores era balela, e aquele sonho de ganhar um bom salário começou a ir por água a baixo.

Torrei todas as minhas economias e um pouco do meu pai para pagar aluguel e as despesas básicas. O curso eu não paguei porque cursei em uma universidade pública. Quando eu me formei eu mudei de cidade. Fui para a capital (Belo Horizonte) com a esperança de arrumar um bom emprego, mas já estava ciente que o salário não era tão bom. Só que pela minha pouca experiência não conseguia ser contratado.

Mesmo indo bem nas provas aplicadas pelas empresas. A desculpa era sempre a mesma. "Você foi bem na avaliação, mas tem pouca experiência". Eu já estava ficando nervoso e já estava respondendo: "Se ninguém me dar uma oportunidade nunca vou ter experiência suficiente". Eles davam aquele sorriso sarcástico. Já estava ficando muito triste com a situação e jurei que não voltaria para roça, mas se não conseguisse nada voltaria e recomeçaria. Mudei meu currículo e consegui um trabalho de peão em poucos dias e durante esse emprego ia em algumas entrevistas de empregos da minha área.

Durante esse período que estava procurando emprego na minha área pensava que o pessoal estava tendo preconceito por eu ser de outra região, mas tirei isso de cabeça. Acredito que esse pensamento era por causa das dificuldades.

Eu trabalhei uns 6 meses de peão e consegui dois empregos na minha área ao mesmo tempo, então escolhi um que era mais o meu perfil. Depois desse emprego nunca tive mais dificuldade em conseguir outros empregos. A experiência me ajudou muito e também por eu ser um programador razoável. Dispensei muitas oportunidades depois de conseguir um bom currículo.

Só que tinha uma coisa que estava muito me deixando desanimado e, isso era o salário baixo. Então, eu decidi estudar para concursos com o objetivo de conseguir um salário melhor e hoje eu sou servidor público. Não era o que eu sonhava, mas comecei a dançar conforme a música e não ficar reclamando por aí.

O que eu aprendi durante esses anos que você deve dançar conforme a música e parar de tentar de lutar contra o sistema. Se eu tivesse conhecimento que tenho hoje, eu não tinha feito curso superior, no máximo estudado para um concurso quando resolvi sair da roça. 

Não sei como estaria hoje caso eu não tivesse saído da zona rural, poderia estar na pior ou melhor que hoje. Só sei que eu só comecei a ter algum retorno depois de 10 anos. Com 28 anos eu tinha menos patrimônio em comparação aos 18 anos. Durante muito tempo eu reclamava. Quando tinha 18 anos era mais rico do que hoje. Que merda! Só tenho um pedaço de papel (diploma).

O meu conselho é: não seja orgulhoso. Se você fez um curso e não encontra emprego na área, mude. Não fique reclamando. Se for para trabalhar de peão, trabalhe. Um pedaço de papel não faz você melhor. Procure dar a volta por cima. Arrume um emprego, monte um negócio. O importante é ganhar dinheiro. Quem trabalha por hobby é gente rica. Tenho um irmão que fala: "Se varrer rua paga mais, então vou trabalhar varrendo rua e fodas o meu diploma".

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

terça-feira, 31 de julho de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Julho de 2018: R$ 166.997,32

Olá Senhores (as),

No mês de julho a bolsa deu uma recuperada e muitos dos meus ativos subiram. Porém algumas ações estão estacionadas, por exemplo, UGPA3 e CIEL3. No caso da CIEL3 despencando cada dia. No meu ponto de vista a empresa não está ruim e vi que ela está se desenrolando para bater de frente com a concorrência que aumentou de uns anos para cá.

Esse mês não fiquei no vermelho. Meu capital está recuperando aos poucos, só que o investimento no Projeto Boi Gordo teve uma baixa, um animal morreu, então não tenho mais lucro nesse investimento. Se nada morrer, o dinheiro só se recuperará lá para o final do ano caso eu não aporte mais.

Eu tenho uma grana investida no MFII11 e agora é esperar as conclusões da CVM.

Os aportes foram desse mês de julho foram no PBG e em FII's.

Saldo Anterior: R$ 155.234,32
Aporte Anterior: R$ 4.156,95

Patrimônio líquido: R$ 166.997,68
Aporte em BG: R$ 4.050
Aporte em FII's: R$ 1.575,05
Aporte Total: R$ 5.625,05



Rentabilidade detalhada


A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas, mas nada de tocar violão. Antes eu tocava todos os dias, só que agora não tenho mais vontade e isso é muito triste, pois era uma coisa que gostava muito. Vou tentar me esforçar para voltar a tocar.

Eu tinha falado no post anterior que iria estudar árabe ou francês. Eu escolhi o francês e já faz quase 1 mês de estudo. Não é tão fácil, mas estou aprendendo bastante.

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››