quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Trabalhar de forma informal é ruim?

O que mais ouço da mídia e de muitas pessoas é que trabalhar de forma informal é ruim, pois há perda de benefícios que a lei  garante, por exemplo:

  • Férias remuneradas;
  • Auxílios em caso de doenças ou imprevistos; 
  • não contribuição previdenciária;
  • FGTS;
  • Seguro desemprego;
  • Auxílio doença;
  • Salário maternidade;
  • Aposentadoria, entre outros.

Será que é mesmo?

No meu ponto de visto há muitas vantagens se a pessoa souber administrar o que fatura com seu trabalho. O problema é que a maioria não sabe administrar o dinheiro e acaba gastando errado.

O governo incentiva o trabalho formal não é por que ele é bonzinho, mas porque ele irá arrecadar mais. Quando você é "informal" você vai pagar menos impostos e isso é muito bom, pois o estado ineficiente para administrar qualquer coisa. Quem é que gosta de pagar impostos? Eu mesmo não gosto. Isso é até meio contraditório, já que eu sou pago pelos impostos.

Essas garantias que a lei dá para o trabalhador formal é uma falsa segurança, pois ele fica preso em algo e quando precisa o governo faz de tudo para não atender. Você já precisou ir ao INSS para dar entrada em algum benefício que a lei garante? Se não, espero que não precise, pois é um dos órgãos que vai fazer você passar raiva e com serviço ruim.

De uns anos para cá vejo que a informalidade aumentou. Isso é por que muitos não querem trabalhar de carteira assinada e outros que não encontra um emprego. Quem trabalha com esses aplicativos é considerado "informal", mas o governo já está se movimentando para que os trabalhadores paguem previdência. Isso é uma notícia muito ruim, pois a previdência é uma pirâmide que está prestes a ruir. Coitado de quem acredita em aposentadoria bancada pelo estado.

Uma coisa que eu fico muito nervoso é quando o governo coloca a polícia para tomar as mercadorias de quem está vendendo nas ruas ou em outro lugar. A desculpa é que é "informal" e que não pagam impostos. Claro que eles pagam impostos, mas não diretamente. 

Claro que a maioria não quer ser camelô para sempre, por exemplo. Quer subir na vida e montar uma grande empresa, mas o estado atrapalha muito quando começa a confiscar (roubar) as mercadorias desse pessoal.

É isso pessoal. Qual a sua opinião?

Abraços,

Cowboy Investidor

23 comentários :

  1. Totalmente a favor dos informais, se eu n fosse obrigado pagaria 0 de impostos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcos.

      Como se diz por aí. Imposto é roubo.

      Abraços!

      Excluir
  2. Boa noite Cowboy! Minha visão é que o trabalho informal (autônomo) pode ser vantajoso se você ganha pouco (vive no informal mesmo ou abre uma MEI) ou se ganha muito (Abre uma empresa pra otimizar impostos)...Pra quem está no meio é um inferno. Para pessoas que ganham um pouco melhor, mas não no nível de Brasília, você vai acabar tendo que abrir um PJ e vai acabar pagando mais com contador, impostos municipais, assinatura digital, entre outros. Além disso, você vai viver em um meio onde as regras tributárias são cinzas, podendo te ferrar ou não de acordo com o interesse do governo. Isso é muito clássico com profissionais liberais (médicos, advogados, engenheiros, etc). Conheço uma pessoa próxima a mim que é profissional liberal (autônomo) e tem grande parte do salário paga de forma informal (ele que tem que regularizar IR, INSS mínimo, etc). É uma confusão sem tamanho o processo de declaração dele (recibos em carnê leão com pagamento de IR via boleto, etc).. Ser autônomo é uma confusão...Nem as prefeituras que são responsáveis por fiscalizar essa atuação sabem a regra certa.
    Dessa forma, apesar de entender o que você quiz dizer, não desejo ao meu pior inimigo ter que trabalhar de forma informal e sair da "regra" que todos estão acostumados. Não é nem pelos direitos, mas por você ser responsável por toda burocracia do trabalho...

    Grande abraço!

    VVI - vvibr.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, VVI.

      Eu me referi a pessoas que não vão declarar nada. Camelô não paga essas coisas que você citou. Esses autônomos que você citou eles não são informais, pois eles pagam impostos e etc.

      Abraços!

      Excluir
  3. Trabalhar de forma informal é ruim?
    depende da remuneração

    para a maioria é ruim
    para políticos é propina
    para o policial é arrego

    há casos positivos (bicos e outros)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Scant.

      Fazer uns bicos é bom para aumentar a renda.

      Abraços!

      Excluir
  4. Você é esquisito: Acha que pagar imposto é roubo e vive de receber impostos; Acha que ser informal é bom, mas trabalha no topo do emprego formal; Em qualquer pais desenvolvido vc o emprego formal da população é um objetivo central da economia. Essa nossa informalidade é resquício da nossa história de desigualdade e da escravidão. Acho que a gente vive uma era de desinformação e falta de raciocínio geral da população, em muito, por conta das rede sociais. O ápice desse movimento, no Brasil, é o bolsonarismo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      Por que você acha que imposto não é roubo? Você paga impostos de livre e espontânea vontade? Quando uma coisa é tirada da gente sem consentimento é roubo.

      Trabalho informal existe no mundo todo. Dá um pesquisada.

      Esse movimento não tem nada a ver com Bolsonaro. Ele é político e todo político quer meter a mão no bolso das pessoas. Esse movimento é libertarianismo.

      Abraços!

      Excluir
    2. Eu não acho que imposto é roubo. Acho que é um pagamento necessário para estruturar a sociedade e, em ultima analise, para assegurar a propriedade privada. Eu mesmo já usufrui de vários serviços públicos, incluindo minha faculdade. Eu quero pagar o mínimo possível e que se faça uma boa administração dos recursos, porém não acho que é roubo. Se eu fosse usar o critério do consentimento, então eu não compraria nada. Eu sei que o trabalho formal existe em todo o mundo, mas é maior em economias menos desenvolvidas, pois em geral tanto patrões quanto empregados e governos querem a existência do vinculo empregatício. Boa parte dos "libertarianista", como o pessoal do Mises, defendem Bolsonaro que defende um golpe de Estado para garantir a liberdade...chega a ser irônico. Até!

      Excluir
    3. o estado é um mal necessário

      sem ele, os pobres formariam tribos que se especializariam em promover saques, estupros e conflitos armados.

      Com o Estado, temos a tranquilidade de saber que ele terá funcionários que se especializarão em promover saques, estupros e conflitos armados, hehe

      Excluir
  5. Fala Cawboy!

    Cara, eu acho que depende muito do tipo de atividade e da pessoa. Certos tipos de atividade precisam de uma formalização, outros não é tão necessário. Existe também a questão que algumas pessoas tem uma capacidade maior de empreender e preferem ser "informais" pois ganham mais dinheiro através da sua liberdade. Outras tem um perfil mais de "empregado" mesmo. O que eu não acho correto é o que algumas empresas e mesmo órgãos públicos tem feito, contratando pessoas para atividades que na verdade tem caráter empregatício como prestadores de serviço. Chegou mesmo a acontecer um absurdo em uma cidade aqui da região, onde a Prefeitura estava exigindo que as pessoas abrissem MEI para trabalharem como gari. Aí já é demais!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, VJ.

      Pois é, o estado sempre procurando tirar uma graninha do povo.

      Abraços!

      Excluir
  6. Também odeio pagar impostos e se puder não pagar não pago. Porém infelizmente imposto é necessário. O que falta realmente é destinar os impostos para onde é necessário.
    Não dá para ter uma sociedade do tipo cada um por si. Sem leis? Sem polícia? Que vença o mais forte?
    Não temos opção não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marins.

      Pois é, o problema que o estado é ineficiente. O político brasileiro só pensa em si.

      Abraços!

      Excluir
  7. Pedi demissão a 3 anos sou PJ MEI, e minha esposa tbm abriu para que eu possa ter 162k para emitir nota anual, agora com a mudança para 130k para cada MEI. Minha ''empresa'' vai poder faturas 260k praticamente livre de impostos, nem na declaração o leão morde a grana, é fantástico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tá pagando quanto de imposto de renda?

      Excluir
    2. Olá, Anônimo.

      Com essa mudança vai ficar muito bom.

      Abraços!

      Excluir
    3. Scant consigo restituição inclusive, pois tenho custo de convenio medico.

      Excluir
  8. Cowboy, em breve vou começar a trabalhar informalmente para juntar dinheiro e mudar de cidade.

    Vou ter cerca de 600 - 700 reais por mês para juntar. Sabe de algum investimento que pelo menos proteja meu dinheiro da inflação? Sou totalmente leigo nesse mundo de investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      Boa sorte na sua nova jornada.

      Eu não posso recomendar investimentos. Mas se for usar esse dinheiro menos de 1 ano mesmo que não renda nada é poupança. Já se for mais tesouro selic ou um CDB que pague pelo menos 100% de CDI.
      Depois disso comece a estudar para você investir melhor.

      Abraços!

      Excluir
  9. Fala Cowboy,

    Eu trabalho como prestador de serviços, e aprendi a administrar meu próprio orçamento e sem sombras de dúvidas isso é o grande diferencial, pois haverá meses ruins e outros piores hehe e teremos de estar preparados para o pior sempre, senão quebra! Pois dinheiro não leva desaforo para casa!

    Excelente post, seja informal ou formal, cada um deve encontrar em qual se encaixa a sua realidade e ser o melhor que pode fazer, que a recompensa chegará!

    Forte abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, One.

      Obrigado pelo comentário. Ainda bem que você é esperto e sabe administrar sua grana coisa que a maioria dos brasileiros não sabem.

      Abraços!

      Excluir