sexta-feira, 28 de agosto de 2020

6 armadilhas do dinheiro que você deve evitar

Chegar à idade adulta média exige uma mudança de prioridades. Portanto é hora de começar a planejar seu futuro financeiro. Existem tantas armadilhas do dinheiro  que podem atrapalhar, e você pode nem perceber. Abaixo há 6 armadilhas que se possível você deve evitá-las.

1. Comprar um carro que está acima do seu padrão

Não compre um carro sofisticado para impressionar pessoas de quem você não gosta, só porque você pode. As pessoas precisam de transporte, mas há tanta variação no preço que você precisa gastar com sabedoria. Carros novos podem ser um dos maiores poços de dinheiro em que uma pessoa pode ficar presa.

Um carro comprado novo perde cerca de 20% a 30% do seu valor no primeiro ano e quase a metade ao final de três anos. Aprender a proteger e desfrutar o que já temos tornará mais fácil reservar mais receita para investir.

Aqui também vale para carros usados que são caros e que estão acima do seu padrão. 

2. Comprar uma casa muito cara financiada

Possuir uma casa que aumenta de valor pode ser uma despesa prática, mas há um ponto em que o retorno diminui. Quando você direciona cada centavo que tem para o financiamento de uma casa que realmente não pode pagar, não sobra dinheiro para emergências.

Um pagamento mensal que você mal consegue gerenciar pode colocar um peso enorme no seu orçamento por 30 anos, em média. Em vez disso, fique de olho no mercado local e compre quando conseguir uma casa por um preço moderado que você possa pagar facilmente.

3. Gastar muito para sair

Embora pagar por uma casa e um carro possa ser o maior golpe para sua renda mensal, você pode ficar chocado com o efeito que pequenas despesas podem ter. Por exemplo, jantar fora,  comer uma pizza barata da esquina ou  fast food. 

Isso não significa que você precisa fazer isso. Todo mundo quer um pouco de entretenimento de vez em quando, mas você ainda deve fazer um orçamento para isso. Dê a si mesmo um pouco de espaço para gastar nas coisas que você realmente deseja fazer e mantenha-o sob controle. Você aproveitará a pausa ainda mais pelo esforço.

4. Ter amigos esbanjadores ou parceiros

Mesmo que você domine seu próprio dinheiro, outras pessoas podem ter o hábito de atrapalhar seus planos financeiros. Deixar de comunicar sobre hábitos de consumo com uma outra pessoa significativa é uma das principais causas de problemas de relacionamento para casais.

Se você está namorando ou apenas começando um relacionamento de longo prazo, é tentador estourar seu orçamento com presentes, entretenimento e viagens. Não deixe que muitas saídas de fim de semana prejudiquem sua capacidade de planejar o futuro com eficácia. Deixe suas expectativas claras desde o início e você evitará muitas brigas por dinheiro nos próximos anos.

5. Acumular dívidas de cartão de crédito

Há uma razão pela qual tantas pessoas pensam que a dívida do cartão de crédito é a pior de todos, e é porque realmente é. Aqui no Brasil algumas taxas de juros cobradas chegam a 300% a.a

Cartões de crédito são relativamente fáceis de acessar hoje em dia, mesmo se você não tiver uma renda sólida ou um bom crédito. 

Cada vez que você gasta dinheiro com um cartão de crédito e não o paga até o final do período de vencimento da fatura, você está pagando pela conveniência de gastar dinheiro. Pode ser tentador ter um novo cartão de crédito, uma vez que você tenha no máximo um. 

Minha opinião é que tenha no máximo um caso você não tenha controle de seus gastos.

6. Não investir

Embora algumas pessoas deem muita ênfase aos ganhos de investimento de curto prazo, planejar a aposentadoria é uma maratona, não 100 metros rasos. Quanto mais cedo você começar, mais poderá acumular. Os investimentos iniciais e o planejamento da aposentadoria envolvem o equilíbrio entre pagar suas despesas, eliminar dívidas atuais e reservar dinheiro que pode ajudar a pagá-lo.

A vida passa rápido e você não quer perder o controle de suas oportunidades. Investir agora dá a você décadas para adquirir habilidades e confiança e ver seu dinheiro crescer.

Esse post foi baseado no post (6 armadilhas do dinheiro a evitar na casa dos 30 anos). Se você quiser ler o original em inglês clique aqui.

Abraços,

Cowboy Investidor

21 comentários :

  1. Dá um orgulho danado fazer parte do grupo que não está nessas armadilhas.

    Abraços, Cowboy.

    ResponderExcluir
  2. Não vejo motivo para ter mais de um cartão de crédito. Sabendo controlar, é uma ferramenta útil para controle do fluxo de caixa e ainda pode dar retorno em pontos que podem ser trocados por alguma coisa.
    Investir também é fundamental, ciente da necessidade de que os rendimentos devem ser maiores do que os gastos para se ter tranquilidade e sustentabilidade no decorrer da vida.
    O exagero em alguma despesa também é um ponto importante. Tudo deve partir de uma análise das verdadeiras necessidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, AC.

      Pois é, fui o que escrevi. Caso a pessoa não tem controle o melhor é ter no máximo 1 até nem ter. Cartão de crédito é muito bom, mas para quem sabe usá-lo. Eu mesmo compro só com cartão.

      Abraços!

      Excluir
    2. Bom, eu tenho 3 cartões de crédito. Tenho um do Itaú sem anuidade que me dá 50% de desconto no cinema (na época que dava pra frequentar cinema rs). Tenho um do meliuz que uso normalmente. Sem anuidade e dá cashback. E tenho um do nubank que praticamente não uso, só em ocasiões raras (vai comprar algo online num site que não passa muita segurança, aí uso o virtual).

      Então vejo bem situações em que faz sentido ter mais de um cartão.

      Excluir
    3. Olá, Anônimo.

      É verdade. Aqui falamos para ter um ou nada para gente que não tem controle.

      Abraços!

      Excluir
  3. Empréstimos são um perigo pra sustentabilidade financeira de qualquer pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      É verdade. É melhor que os juros trabalhem ao nosso favor e não contra.

      Abraços!

      Excluir
  4. Olá Cowboy,

    Essas dicas deveriam ser ensinadas na escola. Quem sabe diminuísse o número de vitimas rsrs

    Dessas 6, a única que me vejo tentado a cair é a dos carros. Mas felizmente meu bom senso fala mais alto hehe

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, II.

      Isso é verdade, mas escolas não vão ensinar isso. Então a família tem que passar isso para os filhos.
      Carros se a pessoa não ficar esperta ele come muita grana dela.

      Abraços!

      Excluir
  5. 11 Passos do Fracasso
    Gaste mais do que ganha e ache que o dinheiro é a raiz de todo o mal;
    Não estude sobre investimentos e siga dicas dos outros, sem a mínima noção do que está fazendo;
    Entre em financiamentos que não pode pagar, mas faça empréstimos e faça empréstimos para pagar empréstimos;
    Tenha cartão de crédito e pague sempre o mínimo da sua fatura;
    Compre um carro de luxo e também financie essa compra;
    Ostente: Compre presentes caríssimos (para toda a família, agregados e colegas de trabalho);
    Esqueça a aposentadoria ou que o desemprego existe;
    Não tenha reserva financeira, mas entre no cheque especial todo mês;
    Não busque outras formas de renda e ache que seu salário estará ali para sempre;
    Ache também que vai ter saúde para sempre ou que nunca envelhecerá;
    Não seja frugal ou humilde, afinal, com todo esse crédito que os bancos te dão, você não precisa disso.

    ResponderExcluir
  6. Meu carro é um gol 1.6 completo, quer dizer, carro popular que me atende muito bem e devo ficar com ele mais 5 anos . Já estou com ele a 3 e só gastei com as revisões.
    Minha casa é toda quitada, uma casa não muito grande mas que me atende muito bem.
    Sou bem caseiro e meus passeios nunca saem do meu orçamento.
    Odeio essa historia de amizade, isso não existe, você tem uns 2 de confiança.
    No mais só querem saber da sua vida, sou bem fechado com minha vida no geral.
    Cartão de crédito sempre em dia, nunca paguei o mínimo, sempre controlado.
    Inclusive na maioria das vezes converto os pontos em milhas e ainda levanto um dinheiro.
    Invisto a 7 anos todos os meses e a renda passiva já paga uma parte grande dos meus gastos.
    Resumindo nessas armadilhas eu não caio.
    Anderson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      Parabéns! Você é consciente e sabe se controlar.

      Abraços!

      Excluir
  7. CI
    Exatamente! Tudo que extrapola o seu padrão, não vai lhe fazer bem financeiramente. Sempre bom observar qual o impacto no seu orçamento que determinada aquisição vai provocar.

    abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, CeP.

      É verdade. Viver um padrão de vida que não nos permite é pedir para fracassar.

      Abraços!

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Ja cai em algumas dessas armadilhas, aos poucos estou consertando o erros, ficou o aprendizado!valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, PM.

      Quase todo mundo já caiu. Bom que você percebeu isso, pois poucos percebem que isso são armadilhas.

      Abraços!

      Excluir
  10. Cowboy, excelente post! Para nós na busca do FIRE é algo tão simples, mas que no geral, na prática, é necessário tal disciplina que coloca a ferro e fogo qualquer um que deseja mudar de vida, coloca sob teste quem vai começar e quem já está na caminhada, pois a vida gosta de nos testar para saber se fazemos jus do que conquistamos e batalhamos para ganhar... BELO POST, meu amigo! Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, One.

      É verdade. Muitos penam para economizar 1 real. Mas é possível para qualquer um. É só ter disciplina.

      Abraços!

      Excluir