domingo, 23 de junho de 2019

Cidade do interior para morar após a IF - Brusque - SC

Prefeitura de Brusque
Continuando as postagens de cidades para morar após a IF. Hoje vou falar de Brusque - SC.

Brusque é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Sua população em 2016 era de 125.810 habitantes. Com IDH considerado alto. Faz fronteira com Botuverá, Camboriú, Canelinha, Gaspar, Guabiruba, Itajaí e Nova Trento.[1]

Brusque está apenas 100 KM de Florianópolis. 

Brusque herdou as características alemãs de seus colonizadores: na arquitetura, na comida, nas festas populares, etc. No entanto, outros povos legaram contribuições étnicas às levas de germânicos. Como, ingleses, irlandeses, britânicos, italianos e poloneses.

Segundo o ranking formulado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública com dados de 2016. Brusque é a cidade mais pacifica com taxa de homicídios de 4,8, Atibaia - SP com 5,1 e Jaraguá do Sul-SC com 5,4.[2]

O clima de Brusque é mesotérmico úmido, sem estação seca, com verões quentes, com temperatura média anual de 20 °C. A temperatura mínima média é de 15 °C e a máxima de 24 °C, sendo comum ocorrência de temperaturas negativas em bairros mais altos e afastados do centro.

Após pesquisar valores de aluguéis na internet. Eu encontrei valores que variam de R$ 550,00 até   R$ 1100,00 para imóveis bons de 2 quartos. 

Turismo



O Parque Zoobotânico, com um complexo de 120.000 m2, onde vivem cerca de 100 animais de 70 espécies diferentes, mantidos o mais próximo possível do seu habitat natural. É uma das atrações da cidade.

Outro atrativo educativo é o Observatório Astronômico Tadeu Cristóvam Mikowski. Sua maior atração é o grande telescópio Cassegraniano de 300 milímetros de lente, equipado com telescópio solar, telescópio fotográfico Newtoniano e câmara CCD. Considerado um dos melhores do Brasil, o equipamento é capaz de proporcionar um aumento de até 2,3 mil vezes e tem contribuído para importantes pesquisas. Há outras atrações como Santuário de Azambuja,  Museu Arquidiocesano Dom Joaquim, Museu Arquidiocesano. 

Além dos pontos turísticos, Brusque é considerado como: "Berço da Fiação Catarinense" e "Cidade dos Tecidos". Onde há várias empresas do ramo têxtil.

Abraços,
Cowboy Investidor

45 comentários :

  1. Bom dia, Cowboy!
    Estou gostando muito destes posts sobre cidades do interior para morar após a IF.
    Sou de MG e sempre tive vontade de me mudar para o sul, até mesmo antes da IF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      Obrigado por estar gostando. O Sul tem umas cidades muito boas. Em MG também tem umas no Sul.

      Abraços!

      Excluir
    2. Exatamente, Cowboy.
      Moro no Sul de MG e sou muito feliz aqui.
      Pesquise sobre Poços de Caldas - MG.
      Abraços!

      Excluir
    3. Olá, Anônimo.

      Obrigado pela dica. Vou dar uma olhada nessa cidade.

      Abraços!

      Excluir
  2. Muita gente fala em se mudar pro Sul, moro num dos Estados da região Sul e digo por experiência própria que como todos os outros lugares há pontos positivos e negativos.
    Pelo Brasil afora muitos imaginam o Sul como uma mini Europa, há regiões prósperas e outras nem tanto.

    Mas tem algo que as vezes me incomoda, a prepotência e arrogância de alguns moradores locais.
    Obviamente não são 100% das pessoas que se comportam dessa maneira, mas pra falar a verdade não são tão poucas. Muitos acreditam piamente que só no Sul é que se trabalha, que o Sul sustenta o Brasil, que o Norte e Nordeste são puro atraso e só tem gente passando fome entre outras coisas que denotam profunda ignorância sobre o resto do País.
    Se eu fosse do Norte ou Nordeste pensaria 2, 3 vezes antes de tentar morar no Sul, para não ter o desprazer de ouvir coisas do gênero.

    Sou do Estado de São Paulo, tem muito paulista que se comporta de forma parecida, mas tenho a impressão que no Sul do país essas idéias já estão mais enraizadas na cabeça de parte da população e considero isso um ponto negativo, apesar de haver bairrismos em outras regiões do país.
    Mas volto a frisar que não são todas as pessoas do Sul que compactuam com esses pensamentos e comportamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, já eu se eu fosse do nordeste não pensaria nem meia vez antes de mudar-me para o sul do país.

      Excluir
    2. A mudança depende de muita coisa CF, não é tão simples quanto parece.
      Quem já alcançou a IF (minoria da população) até pode fazer essa mudança de forma mais simples.
      O que acontece no Brasil muitas vezes é que a pobreza só muda de lugar. Pessoas saem de suas cidades, regiões etc, mas por uma série de questões não conseguem de fato ascender socialmente.
      O Nordeste não é ruim pra todo mundo que está lá e algumas regiões até vem conquistando mudanças consideráveis.
      Mudar para continuar ganhando pouco, com baixa empregabilidade, muitas vezes é apenas uma tentativa de fuga de uma realidade.
      Se todo mundo que diz querer mudar pro Sul, mudasse de fato a região estaria sofrendo com os mesmos problemas de outras regiões e essa diferença na qualidade de vida provavelmente diminuiria.

      Fora isso há bons locais em outras regiões do Brasil, Estado de São Paulo, Centro Oeste etc.
      Ficar focado em uma região como se ela fosse a salvação da lavoura para todos é uma bobagem.

      Excluir
    3. Ah pare de atiçar bairrismo rapaz. Isso era uma vez, hoje em dia todos sabem que Brasil é fodido de norte a sul.

      Excluir
    4. "hoje em dia todos sabem que Brasil é fodido de norte a sul."
      boa!

      Excluir
    5. Olá, Pessoal.

      O Brasil em geral é fudido, mas há alguns lugares bons no sudeste e sul. Eu já andei pesquisando e as cidades mais pacificas ficam no sudeste e sul. Há muita violência nas outras regiões mesmo em cidades pequenas.

      Abraços!

      Excluir
  3. Acho o sul fantástico, me parece uma mini-europa mesmo, tranquilamente me mudaria pra lá.
    Vez ou outra me pego pensando que talvez poderia fazer esta troca !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, PI.

      Há algumas cidades são fundadas por europeus e a cultura e as casas são parecidas.

      Abraços!

      Excluir
  4. excelente sugestao
    no aguardo das outras
    abs!

    ResponderExcluir
  5. Toda cidade tem problemas, e questões particulares que não se tem em outras cidades. Mas quem tiver a IF na mão tem a vantagem de poder experimentar e fazer uma avaliação se compensa ou não continuar, e caso queira, mudar de novo. Os fatores que realmente devem pesar para o imigrante são: segurança, acesso a produtos e serviços e custo de vida (especialmente moradia).

    Outra questão que os amigos poupadores/investidores não parecem considerar é que, quem vai com uma situação estável, normalmente já chega com muitas portas abertas. Não precisa ser como o saudoso Roger que pagava uma rodada de pinga no barzinho para todos, mas a pessoa pode entrar em cursos, clubes e ambientes para se familiarizar com maior tranquilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      É verdade quando for IF é bem mais fácil fazer uma avaliação dos lugares. Ficar por algum tempo e fazer uma avaliação.

      Abraços!

      Excluir
  6. Já moro numa cidadezinha do interior do PR de 39 mil habitantes.

    Já tenho a cidade pra IF rs.

    ResponderExcluir
  7. Após a IF, melhor pagar aluguel ou tem que comprar imóveis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      É bom fazer as contas. Se a pessoas quer morar em várias cidades acredito que é melhor viver de aluguel.

      Abraços!

      Excluir
  8. Legal Cowboy. Interessante essa opção, perto do litoral, ótima qualidade de vida e a educação e saúde devem ser muito boa tambem. Anotado. Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, AA40.

      Obrigado pelo comentário. É uma cidade bem interessante.

      Abraços!

      Excluir
  9. Fala Cowboy! Cidade boa essa! Se você puder achar umas cidades com menos de 20k, seria uma boa, o problema seria esse lugar encher de chimpa, mas sei lá kkkkkkkkkk Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, PdS.

      Pois é, eu fiz de Nova Petrópolis que tem menos de 100k habitantes. Vou dar uma pesquisada em uma menor.
      kkkkkkkk. É verdade. Vai que enche de chimpa aí piora tudo.

      Abraços!

      Excluir
  10. Cowboy Investidor, saudações!

    Que tal sairmos desse frio e seguir para nordeste?
    No sul é muito frio...

    Abraços, SP!

    ResponderExcluir
  11. Legal Cowboy, eu particularmente não me vejo morando numa cidade tão pequena, mas isso é algo pessoal. Eu prefiro cidades médias com opções de lazer e mais estrutura, e sem a violência e trânsito de cidade grande. Mas essa certamente é uma cidade que passaria umas boas férias descansando!
    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, EI.

      Pois é, eu moro em cidade grande e não gosto muito. Prefiro roça ou cidade pequena.
      O problema que a maioria das cidades média são violentas. O post anterior tem uma que é media e tranquila.

      Abraços!

      Excluir
  12. Bacana, Cowboy. Nunca pensei (e na real ainda não penso) em sair da minha capital. Mas é surreal pensar que o custo de vida aqui é fácil mais que o dobro do que num interior destes, com até mais qualidade de vida (em alguns aspectos). Aluguel 2q honesto entre 2000-4000. Foda!

    Abraço e boa sorte,

    ICV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maior diferença de custo de vida entre cidades grandes e/ou valorizadas e cidades menores ou pobres é o custo de moradia.
      Quanto ao resto não há tantas diferenças não.
      Fora que na maioria dos pequenos municípios ou municípios mais pobres o mercado de trabalho também é mais limitado e os salários são menores.

      Excluir
    2. Olá, ICV e Anônimo.

      O que pesa mais mesmo são os alugueis. Comida em geral é mesmo valor e as vezes na cidade grande a comida no supermercado chega até ser mais barato. Já vi isso na prática.
      Bares nas cidades pequenas são mais baratos, pelo menos as que eu conheço.

      Abraços!

      Excluir
    3. Sim, Anon e Cowboy. Moradia é sem dúvida o custo mais salgado. Por isso acaba sendo um dos fatores determinantes ao se pensar em IF. Se eu quiser me aposentar em SP ou no RJ, mantendo o padrão de vida, a renda passiva teria que me garantir o suficiente para gastar aproximadamente 4.000 de moradia. Se eu decidisse morar em Brusque, de acordo com o post, 1.100. Uma baita diferença!

      Abraços,

      ICV.

      Excluir
    4. Olá, ICV.

      Eu acho melhor mudar para uma cidade boa e mais barata. Fica mais rico e com uma vida melhor.

      Abraços!

      Excluir
  13. Por um aluguel de 550,00 eu mudaria semana que vem pra lá... precisaria saber dos custos locais rs. Gostei muito do post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai nessa...
      Só quem nunca pos os pés fora de uma cidade grande é que fica fantasiando o reino encantado.
      Provavelmente 550,00 deve ser um local pequeno e/ou pobre, mau localizado etc.
      Demais custos como alimentação, combustíveis, produtos industrializados em geral não devem ter custos muito diferentes de capitais, até porque Brusque está próximo a Blumenau formando uma região relativamente populosa com uns 400 mil habitantes ou mais.
      Tem bastante migrantes na região, o que costuma inflacionar imóveis.

      Excluir
    2. Olá, KT e Anônimo.

      Sim, há aluguéis desse preço, mas as casas não tão ruins. Há outros preços com preços mais altos e bons.
      Claro que não é um reino encantado, mas é bem mais tranquila do que cidades grandes.

      Abraços!

      Excluir
  14. Nossa que legal! Por coincidência vou fazer uma viagem de carro pelo interior de SC em julho e fiquei com vontade de passar por lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, SS.

      Obrigado pelo comentário. É uma cidade muito interessante e bonita. Seria uma boa vistá-la.

      Abraços!

      Excluir
  15. Sou paulista, morei no Sul e sem dúvida alguma volto pra lá quando puder. Não tem comparação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo.

      Pelo que pesquisei, as cidades do sul que não são capitais são bem mais tranquilas e bonitas. E sem falar que a paisagem é bem bonita.

      Abraços!

      Excluir
  16. Eu vou ser do contra, eu gosto do SUL, mas para morar eu excluiria SC, pois sofre com desastres naturais, em especial Brusque, se pesquisar no google Brusque foi muito atingida pelas enchentes !! SC é um estado que qualquer chuva um pouco mais forte várias cidades ficam debaixo dagua o link abaixo é só um dos tantos que falam de enchente, em especial em Brusque:

    https://omunicipio.com.br/uma-decada-atras-brusque-enfrentou-maior-desastre-ambiental-seculo/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, SP.

      Essa informação sua foi ótima. Nem pesquisei sobre isso. Isso é uma das coisas a se considerar. Obrigado.

      Abraços!

      Excluir
  17. Cowboy 🤠 muito bom esses posts. Conheço o Brasil praticamente todo e conheço bem a região de SC e RS. Realmente tem muita cidade com boa qualidade de vida por aqui.

    Em SC conheço e gosto tanto de Chapecó quanto São Miguel do Oeste. São cidades com ótimos índices também.

    Já no RS, as cidades possuem menos estruturas e as estradas são piores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, BPM.

      Obrigado pelo comentário.
      Que bom que você conhece.
      É verdade. SC é cheio de cidades boas.

      Abraços!

      Excluir