quarta-feira, 18 de julho de 2018

Por que eu estou buscando a Independência Financeira?


Antes de responder essa pergunta vou fazer uma introdução sucinta da minha jornada.

Desde quando era criança eu sonhava em ter uma vida boa. Não se preocupar com falta de dinheiro, ter uma boa casa, formar uma família, etc. Mesmo vivendo na zona rural sonhava em ser um astronauta, coisa de criança, mas na verdade eu ficava fascinado pelas construções e com o espaço sideral. Acredito que alguma engenharia ou astronomia encaixaria nisso que queria ser.

Na adolescência eu me interessei pela computação ao fazer um curso de windows na escola onde estudava. Então, o meu foco foi fazer um curso nessa área. Quando concluí o ensino médio me mudei para a cidade, fiz pré-vestibular e passei em um curso da área de computação em uma universidade pública. No início tive muitas dificuldades, nem sabia digitar e abrir um programa no computador, pois tinha esquecido tudo que tinha aprendido naquele curso de informática devido a ficar vários anos sem ver um computador.

Com persistência aprendi a trabalhar com computadores e me formei sendo um dos melhores da turma. Claro que ser bom na área acadêmica não é sinal que vai ser bom nas empresas, mas tive a sorte de me dedicar à programação e isso me ajudou a conseguir empregos.

Sendo um programador comecei a questionar a rotina desse trabalho. Ficar várias horas na frente de um monitor programando se era isso que eu queria para minha vida. Ficar aguentado clientes te enchendo o saco por causa de sistema. Ficar corrigindo erros dos outros. Ficar fazendo horas extras (que nem são pagas, hoje vai tudo para banco de horas) e a dor de cabeça que a programação te dá. 

Após questionar essas coisas vi que essa área não faz muito sentido para mim, pois eu não quero me envelhecer trabalhando em ambiente fechado por vários anos, aguentando chatices das pessoas e não ver o que construí. Não acho saudável uma pessoa trabalhar em um ambiente fechado e na frente de um monitor por 30, 40 anos. Isso eu não quero para a minha vida.

Hoje trabalho em um órgão público na minha área de formação. Tenho um salário bom para os padrões brasileiros. Eu uso parte desse dinheiro para eu conseguir a IF (Independência Financeira). Não vejo muito sentido ficar trabalhando nessa área por muito tempo. Tudo que faço se perde rápido, pois a tecnológica muda muito. Não é como uma obra de um engenheiro que dura décadas ou centenas de anos. Também não gosto dessa rotina de trabalhar 8h/dia e 40h/semana. Na verdade, não gosto dessa vida de corrida dos ratos.

Para falar a verdade, eu não gosto dessa vida de trabalhar em ambientes fechados com ar-condicionado, na frente de monitor, em baias. E claro, dessa vida agitada da cidade grande. Então, é por isso que busco a IF. Estou no começo, mas como eu não pretendo uma IF pomposa isso não vai demorar muito para chegar. A minha meta é me "aposentar" aos 40 anos, mas acredito que conseguirei antes.

E aí pessoal, seu trabalho atualmente fará sentido para você no futuro?

Abraços,
Cowboy Investidor

54 comentários :

  1. Seu próprio pseudônimo já diz tudo, nasceu para trabalhar ao ar livre. Outro dia ouvi uma entrevista de um americano que atingiu FIRE e foi morar em uma fazendo no interior dos EUA. A paixão do cara é fazer embutidos, ele produz e cria desde os porcos até os condimentos que irá usar em suas receitas, se dedica horas e horas todos os dias à sua paixão. Ele acaba produzindo tantos produtos que acabou colocando parte da produção a venda sem a menor pretenção de lucrar com aquilo uma vez que já é FIRE. Acabou q agora ganha dinheiro com isso.... faz tempo que eu não sei oq é trabalhar por prazer.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sr. IF365,

      Você acertou. Gosto mais dor ar livre. Essa vida de escritório é só por um tempo mesmo. Quando eu atingir a IF pretendo plantar e colher a minha própria comida. Esse exemplo que você deu foi bom.

      Abraços.

      Excluir
    2. Meu sonho tambem. Uma pinguinha ao por do sol, sentado na varanda olhando o sítio ao som de Robert Johnson.

      Excluir
    3. Pois é Vagabundo.

      Acho esse estilo de vida muito bom. Nada de correria do mundo moderno.

      Abraços.

      Excluir
  2. Tenho o mesmo pensamento seu CI com a diferença de que penso em me aposentar aos 50 anos, mas claro, alcançar a meta da liberdade financeira aos 45. Não podemos negar que somos escravos do tempo. Trabalhamos em prol de dinheiro, a mesma rotina, desgaste. Pior é quem vende todo seu tempo para torrar em futilidades. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com o Gari! aos 45 anos pretendo alcançar minhas despesas com os rendimentos. E aos 50 declarar IF.

      Hoje só me vejo aposentando antes disso ai se conseguir aumentar minha renda, coisa que estou trabalhando devagar para alcançar..

      E legal sua história Cowboy, um pouco parecida com a minha. Agora é manter os aportes que logo tu chega na IF!

      Abraço

      Excluir
    2. Olá Gari,

      Somos escravos do sistema e ainda muita gente fala que é livre, mas nunca param para pensar sobre a sua vida. Se realmente são livres ou não. Atualmente eu trabalho por dinheiro. Essa é a verdade.

      Olá II, com essa idade está ótima. Quem se dedica acredito que consegue.
      Minha história é parecida com praticamente a maioria das pessoas brasileiras só que a diferença é que alguns e eu estamos buscando a IF.

      Abraços.

      Excluir
  3. Eu também tenho o objetivo de sair do meu emprego atual. Porém eu moro numa cidade pequena, menos de 10k/hab, ou seja, saindo do meu emprego a oferta de empregos aqui é pequena e em sua maioria mal remunerada.
    Como sou funcionário público se sair do funcionalismo aqui no município também não encontrarei a possível saída de virar servidor.

    Portanto pra mim seria interessante sair do emprego apenas com uma situação financeira favorável, pra tentar empreender quem sabe. Voltar a distribuir curriculos em outras cidades como já fiz no passado é algo que não me anima muito.
    Resrva financeira é uma questão de sustentabilidade, caso a pessoa queira mudar de emprego, não útil apenas pra quem quer se aposentar, mas no Brasil muita gente faz questão de não pensar nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Emprego em cidades pequenas são bem difíceis e quando tem paga pouco. Esse negócio de sair distribuindo currículos é complicado demais. Já passei por isso e sei como é estressante.
      Hoje a maioria das pessoas só pensam em gastar e não pensam no futuro. Muito complicado isso.

      Abraços.

      Excluir
  4. excelente post!

    sou servidor público e invisto para ter um colchão de segurança. Não penso em parar de trabalhar.

    minha ambição é ser aprovado em um concurso top, onde creio que terei uma carga horária agradável e uma remuneração perto do teto constitucional.

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ST,

      Ter um colchão de segurança é essencial. Eu não penso em para de trabalhar, mas sim mudar de serviço. E claro, não ter uma rotina dessas das corrida dos ratos.

      Boa sorte nos estudos para os concursos. Eu parei de estudar para concursos. Não tenho mais cabeça para isso.

      Abraços.

      Excluir
  5. A independência financeira, mais do que tudo nós dá liberdade de escolha.

    Depois de a ter independência financeira você poderá escolher trabalhar num outro trabalho ou trabalhar só meio horário, ou 3 dias por semana, viver em outro estado ou país, fazer uma serie de coisas novas. Acredito que essa seja uma das grandes vantagens.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DIL,

      Sim, o objetivo é ser livre de escolhas.

      A ideia é essa. Trabalhar quando eu me sentir vontade e não por "obrigação".

      Abraços.

      Excluir
    2. Isso que você falou, DIL, é o que eu mais quero. É ter liberdade de viajar quando quiser, sem ter que me preocupar com o pouco dinheiro que tenho, ou de trabalhar quando eu quiser, viver em outro país por um tempo e tantas outras coisas que só a liberdade financeira lhe permite.

      Excluir
  6. Vc vai conseguir Cowboy.
    Mt gente nao consegue chegar na IF pq nem sabe que a IF existe.
    É apenas uma questao de gastar menos, trabalhar um pouco mais e poupar mais.
    A parte de investir é só a cereja do bolo, tanto faz com fiis, acoes ou RF, no final das contas nem vai fazer tanta diferença. O principal é trabalhar e poupar, e viver com pouco.

    Vc pode ficar só na criação depois, cria umas galinhas, uns bois e etc... e viver naquela manha do campo kkkkkkk abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FS,

      A ideia é viver a vida mansa no campo e fazer algumas viagens anuais. E claro, criar e plantar algo.

      Abraços.

      Excluir
  7. Pow cawboy, se vc sabe programar pode melhorar isso investindo em vc e fazendo cada vez mais cursos. Vai trabalhar de casa, no campo, e pra quem quiser, qnd quiser, apenas por projetos. Tem programador vivendo assim no mundo todo, trabalhando de casa, sem ser funcionário de ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FS,

      Sou programador, mas eu vou sair dessa área quando me "aposentar" é uma profissão que se estressa demais. Então, vou correr dela como o capeta corre da cruz. kkkkkk.

      Abraços.

      Excluir
  8. Tava escrevendo um post sobre isso ontem mesmo cowboy. Estou cada vez mais convicto que nao existe isso de trabalhar por prazer. São tantas obrigações e cobranças que rapidamente o individuo pega desgosto por tudo relacionado ao trabalho.

    Estou numa vibe de ir trabalhar só por obrigação mesmo. Prazer foi embora há tempos. Abraços parceiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AF,

      Para falar a verdade eu não conheço ninguém que trabalha por prazer. Trabalham porque é obrigado.

      Abraços.

      Excluir
  9. Olá, Cowboy.

    Muitos de nós trabalhamos naquilo que não gostamos, ou apesar de termos afinidade com nossa área de atuação, nos decepcionamos com as opções que nos são oferecidas, tanto na vida pessoal quanto profissional.

    Mas é fato que sem essa renda ativa (salário) não poderemos atingir a independência financeira através da geração da renda passiva. Não há escapatória.

    Sendo assim, temos as seguintes opções: investir na profissão de maneira a obter mais renda ou mudar, trocar definitivamente de atividade que deverá também gerar uma boa renda para que no futuro, ao atingir a IF, possamos realmente escolher o que queremos fazer, como e quando.

    Gosto muito do que faço, mas algumas vezes as condições que me são oferecidas não me satisfazem nem um pouco, mas como sou empregado, não posso reclamar muito e então: viagens e mais viagens, reuniões chatas e etc..

    Abraço e sucesso nos investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá G65,

      É verdade, na maioria das vezes trabalhamos com o que não gostamos. Eu não vou mudar de área até atingir a IF, pois esse trabalho que vai me dar isso. No momento atual não está ruim, mas no longo prazo eu sei que vai ficar chato, pois não é isso que eu quero para a minha vida toda.

      Abraços.

      Excluir
  10. Ola cowboy,
    Você terá que determinar um ponto onde faça sentido largar a vida de escravo, ou pelo menos diminuir bastante o ritmo, ou vai trabalhar pra sempre. Tenho o mesmo objetivo que você, mas no post ficou meio genérico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CF você sumiu cara. O Corey está em Portugal, se você ainda estiver quem sabe não se encontram por aí.

      Excluir
    2. Olá CF,
      Está no final do post a resposta.

      Pretendo aos 40 anos, mas com o ritmo que estou indo acredito que vai ser antes. Então, para ser com folga, a largarei a vida de escravo no máximo aos 40 anos.

      Abraços.

      Excluir
    3. Desculpe não tinha visto. Parece um bom plano.

      Olá anon, seria um prazer conhecer o corey, mas nós dois somos bastante reservados. Grande abraço.

      Excluir
  11. Olá Cowboy!
    Seu nível de aporte é muito bom, então é só seguir o plano.
    Hoje mesmo brinquei com o pessoal do trabalho que o emprego atrapalhava todos os meus planos rsrs... mas a gente chega lá!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá JN,

      Meus aportes são até bom. Se seguir o plano a gente consegue.
      Às vezes o trabalho atrapalha mesmo os nossos planos.

      Abraços.

      Excluir
  12. Olá Cowboy,

    Importante questionamento que todos nós devemos fazer ao longo da caminhada rumo a independência financeira. Assim mantemos a motivação e não caímos nas armadilhas do consumo.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá HI,

      Sempre é bom nos questionarmos. Como você falou: é bom para não cairmos em tentações durante a nossa caminhada.

      Abraços.

      Excluir
  13. Essa coisa de passar o dia sentado numa cadeira de frente para um monitor, batendo ponto, cumprindo horário, também me estressa. Eu ainda não tenho em mente uma idade certa para me aposentar, mas com certeza essa vida de escritório no longo prazo não dá.

    O que eu penso muito para tentar escapar disso é buscar algum tipo de função que demande menos "vida de escritório". Por exemplo, onde eu trabalho tem um departamento que trabalha muito forte com treinamento e capacitações, ensinando profissionais dos estados e municípios a colocarem em prática determinado procedimento relacionado à administração pública.

    Eu adoraria uma função dessas, ficar viajando fazendo treinamentos e capacitações. Infelizmente na adm. pública é muito difícil conciliar nossas vontades profissionais com a vontade dos gestores de sempre querer reter pessoal.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SM,

      Pois é, esse tipo de trabalho é complicado. Eu já defini a minha idade para me aposentar.

      Viajar a trabalho é bom até certo momento, chega uma hora que cansa e se torna muito chato.

      Abraços.

      Excluir
  14. Fala Cowboy!

    Embora meu emprego atual é um pouco braçal, até gosto, mas lógico que pretendo sair futuramente. Sou funcionário público também em uma cidade pequena.(menos de 100K)

    Tenho alguns projetos em mente ligado a música e até programação, pretendo trabalhar neles futuramente.

    Estou no meu emprego atual faz 5 anos, e já cansa a mesma rotina.

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SB,

      Coloque esses projetos para funcionar assim terá mais ganho.
      Essa rotina de fazer a mesma coisa é muito chata. Não gosto muito disso também.

      Abraços.

      Excluir
  15. Legal Cowboy,
    Sucesso na trajetória!

    um abraço

    ResponderExcluir
  16. Eu quero parar rápido também de depender de emprego , no momento atual 300k já seria a liberdade para meu consumo atual, quero empreender depois disso nas minhas ideias malucas pois sei que não irei passar fome se der errado, dando certo posso multiplicar rapidamente meu patrimônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SM,

      Depender de emprego é muito complicado. 300k é uma grana boa. Eu tenho ideias e que depois de atingir a IF colocarei algumas em práticas.

      Abraços.

      Excluir
  17. Também programo e estranhamente após 13 anos ainda continuo gostando. Queria a IF para poder pensar: "Bom daqui pra frente, é só curtir"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CP,

      O negócio em si não é tanto a programação, mas sim as pessoas. E trabalhar com programação aliado a pessoas chatas o estresse é iminente.

      Abraços.

      Excluir
  18. É isso aí, Cowboy! A independência financeira nos dá a liberdade de decidir os rumos de sua vida e deixar para trás o que não se aprecia.

    Parabéns pela diligência e sucesso nessa conquista! Espero que ocorra o quanto antes!

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André,

      Verdade e obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir
  19. Gostei muito do post CI. Pelo o que eu percebi você ainda consegue estar na rotina das 40 horas semanais, eu estou pensando em tirar o pé do acelerador para voltar para um rotina de 40 horas semanais, atualmente tenho trabalhado 80 horas por semana facilmente, sem receber nenhuma hora extra. Meu trabalho me traz uma boa grana, e me ajudou muito até agora, mas já estou pensando em desacelerar no meio do caminho.
    Novamente parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SC, obrigado pelo comentário.

      Sim, ainda consigo trabalhar nessa rotina. Eu não quero é isso para toda a minha vida. Acho triste ficar 30, 40 anos na frente do monitor. Eu vou usar esse trabalho para atingir a IF, pois ele paga bem.

      Abraços.

      Excluir
  20. Realmente, trabalhar em ambientes assim é estressante, e com baixa qualidade de vida. Mas faz parte da nossa IF. Vc não pensa em mudar de área? Não imagimo como um cowboy possa trabalhar com informática, rsrsrs. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AR,

      Vida de programador não é muito boa. Isso quase todo mundo concorda comigo. Como falei: vou usá-lo para atingir a IF e depois mudar de trabalho. Antes disso não vou mudar, pois é um trabalho que paga bem e é muito difícil de encontrar um que vai me impulsionar para a IF.

      Pois é, é a vida um cowboy de TI. Ainda vou voltar às raízes. kkkkkkkk.

      Abraços.

      Excluir
  21. CI, aos 40 anos vc pretende ter qual valor para sua IF? sabendo que esse valor é pessoal cada um tem seu padrão de vida. Parabéns pelo objetivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tio,

      Pelas minhas contas vai ser mais de 1M, mas pelos meus gastos e padrão de vida uns 700k já o bastante. Acho que conseguirei antes, 40 anos é para ter uma margem mais tranquila.

      Abraços.

      Excluir
  22. Isso ai C.I, só não vá casar de novo (Pode até casar, mas escolha bem da próxima vez kkkk)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SP,

      Eu não pretendo casar outra vez. Acho que casamento não é para mim.

      Abraços.

      Excluir
  23. Olá CI

    Pra vc ver como a vida é complexa eu já sou o contrário de vc na preferência de ambiente de trabalho. Não gosto de sair pra campo, prefiro ficar isolado no meu escritório o tempo todo na frente do Mac é de preferência isolado de todo mundo, até por isso prefiro trabalhar mais de madrugada.

    Quando estou de folga minha diversão é programar mais, cuido de outros projetos aí só tomo cuidado para mexer no projeto que trabalhei durante a semana pra poder dar uma espairada no raciocínio.

    Quer me deixar insatisfeito é me tirar da frente do meu computador 😱🤷‍♂️

    ResponderExcluir
  24. É CI, estamos no mesmo barco. Também sou concursado e meu principal objetivo , ao atingir a IF, é ir para, literalmente, a roça. Vim do interior e pretendo retornar, mas não antes de atingir minha IF. Quero poder ter os meios de sair da corrida dos ratos, da matrix e fazer o que mim dá prazer. Parabéns pelas conquistas e sucesso em sua jornada.

    ResponderExcluir