terça-feira, 29 de maio de 2018

Projeto Boi Gordo - Desempenho


Para quem não sabe, eu estou com um projeto que é investir em gado. Para saber mais clique aqui. Eu fiz uma parceria com meu irmão que está criando gado confinado para vender. Na verdade eu entrei mais para dar uma ajuda, pois ele tem a ração, mas não tem muito capital para comprar gado. Atualmente eu investi apenas 8k, pois quero ver como esse negócio vai andar.

No momento ele tem uns gados comprados com o dinheiro dele e uns com o meu. Até agora foram vendidos 2 gados comprados com o meu dinheiro. Uma vaca e um boi. Como já falei aqui no blog algumas vezes, eu não gosto de investir em nada que está longe de mim, no caso, investir em gado é uma delas. Como não quero ver meus irmãos pobres, eu propus a dar uma "ajuda", mas com algumas ressalvas.

Uma das ressalvas era para não comprar boi, pois é complicado para vender na região e também que é um animal muito caro devido ao seu tamanho. Então, ele tem que focar mais em vacas que é mais fácil para vender e comprar. Só que ele fez uma burrice em comprar um boi e acabou pagando com meu dinheiro. E claro que eu reclamei e falei para ele nunca mais fazer isso. Ele é um cara muito trabalhador, mas para negócios é bem fraco. O cara já inventou ser várias coisas, como: criar boi para rodeio, vacas leiteiras. Mas nada disso deram certo. No entanto, com esse negócio atual, tem tudo para dar certo se ele seguir tudo o planejado.

Por que esse negócio pode dar lucros?


Meu irmão aprendeu a fazer uma ração com um cara e que as vacas estão ficando pronta para venda com 30, 40 e 60 dias. E com isso dá para ele ter um lucro muito bom. Algumas vacas dele ficaram prontas com 30 e outras com 40 dias. E obtendo um lucro bruto de 30% a 55%. Isso é ótimo caso ele mantenha tudo a risca.

Só que ele e eu acabamos levando ferro no boi, pois ele o comprou por um peso, mas quando foi vendê-lo o boi pesou apenas 1 arroba a mais e mesmo assim com o preço de R$ 5,00 a menos a arroba.

Como ele fez esse negócio da china?
Ele comprou o boi no "olho", ou seja, sem pesa-lo, apenas confiando na "experiência" de prever o peso. Ele e o vendedor basearam 22 arrobas, só que quando ele foi buscar o boi o dono disse que eles tinham acertado em cheio, pois pesou o boi no vizinho e que ele pesou o previsto e pouquinho a mais. 

Esse boi ficou quase 60 dias na engorda e segundo meu irmão, o boi estava "podre" de gordo. Só que quando colocou o boi na balança (meu irmão estava presente) do comprador ele pesou apenas 23 arrobas. Segundo meu irmão que testou a balança, ou seja, ele subiu nela e o peso dele estava correto.
Logo foi "erro" da balança anterior.

Eu fiquei muito puto com esse negócio, pois antes dele comprar o boi já tinha falado para ele não comprar nada de gado macho, mas mesmo assim ele o fez. Falei para ele sempre pesar quando for comprar e vender. E sempre questionar o peso caso esteja em dúvida. E claro, nunca comprar bois neste início de negócio, pois os compradores locais não gostam muito de bois.

Investir em alguns negócios de longe é muito arriscado, tem que confiar muito no próximo. Eu invisto nesse negócio para ver se meu irmão endireita na vida, pois não quero ver minha família ruim das pernas. Eu tive lucro de 4% em 40 dias de uma vaca, mas prejuízo de R$ 25,00 no boi. Espero que tudo dê certo de agora para frente, pois se meu irmão fazer mais burrice eu irei sair do negócio.

Obs.: Para quem já leu o post eu atualizei algumas informações do texto. No caso das informações das inconsistências das balanças.

Abraços,
Cowboy Investidor

40 comentários :

  1. Negócios com família são sempre complicados. Por vezes esquecemos a razão e agimos apenas com a emoção, encobrindo os erros do sócio.
    Esse seu caso é bem nítido isso, você faz algo que não gosta de fazer (investir à distância) para ajudar o irmão.

    https://investiremdisciplina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IeD,

      Você está certo. Estou investindo mais para ver se meu irmão melhora. só que ele tem que me ajudar eu deixa-lo também.

      Abraços.

      Excluir
  2. Qual seria o espaço necessário para esse projeto? Eu pergunto pois tenho 2 alqueires (4,8 hectares) na região metropolitana de Curitiba, e estou procurando alguma forma de investir no local. Tem alguma ideia? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      O alqueire no Paraná é a metade de Minas Gerais, interessante.
      No seu caso dá para você plantar milho sorgo ou milho comum em 4 hectares ou menos e fazer a silagem. No espaço que sobrar você faz um bebedouro e um curral com cocheiras para o confinamento. Dá para você engordar bastante gado. No caso do milho sorgo ele brota e dá para fazer outra silagem.

      Abraços.

      Excluir
  3. Cowboy, vc considerou os custos com esse negócio? Gasolina, agua, ração, transporte, celular, hospedagem, documentos, cuidador do boi, etc? Abraço!

    Meu sogro me chamou pra investir em boi, ele tem a terra e os bois, no caso, seria pra eu comprar bezerro, engordar lá e vender depois. Eu como estou muito endividado disse que ia pensar, conheço zero - zero desse tipo de negócio.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FS,

      Quem considera esses custos é meu irmão. Eu invisto no negócio e tenho 15% dos lucros. Ração, gasolina, água, etc são tudo arcado pelo meu irmão. Quem trata do gado é ele. Por enquanto o negócio está pequeno.

      Abraços.

      Excluir
    2. Pelo menos na minha região , não existe negócio melhor do que Gado.
      Mesmo se voce não tiver a terra e arrendar de alguem a 20$ a cabeça. Voce ainda consegue tirar cerca de 2% do seu investimento ao mes. Se voce tiver a Terra é cerca de 3 a 4%. Além de ser um investimento seguro e com alta Liquidez.

      Excluir
    3. Olá FC,

      Na minha região também. O pessoal lá trabalha mais com gado de leite, mas esse negócio não é muito bom e dá muito trabalho. Quem ganha muito dinheiro mesmo é quem trabalha com gado de corte.
      Pois é, gado tem muita liquidez e se trabalhar certo dificilmente tem prejuízo.

      Abraços.

      Excluir
    4. Interessante, 2% podendo chegar a 3, 4% é uma boa essa área mesmo hein Cowboy!

      Torcendo aqui pelo sucesso. Converse bastante com seu irmão, negócios são complicados mesmo.

      Abraço!

      Excluir
    5. Olá II,

      Obrigado pela força.
      Se trabalhar certo, dá para tirar uma grana boa com esse negócio. Tomara que dê certo.

      Abraços.

      Excluir
  4. Dinheiro e família, dois assuntos que separados já são complicados se misturar então...rs

    Também gosto muito de investimentos "palpáveis", coisa que vc consegue ver onde o dinheiro está e quais frutos está gerando. Estamos presenciando em primeira mão como as vezes em um momento de caos o dinheiro não vale nada quando não se tem produtos para comprar, imagino que ter um bom rebanho de gado (comida) seja uma excelente opção durante um "apocalipse econômico", vc provavelmente conseguiria trocar carne por qualquer coisa que desejasse. Boa sorte!

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sr. IF365,

      Negócios a parte nada de misturar.
      No meu ponto de vista quem mora na roça tem mais chances de sobreviver de um "apocalipse econômico". Lá que tem as coisas.

      Abraços.

      Excluir
  5. Interessante, Cowboy! 4% livrinhos da silva em 40 dias? Bom, hein?

    E essa greve, atrapalhou a entrega dos insumos da ração por lá?

    E fica frio, família pode mesmo ser complicado... Eu já tive que emprestar dinheiro para irmão também, mas ao menos ele pagou direitinho rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André,

      A greve não atrapalhou em nada, pois meu irmão planta e faz a ração, ele não depende de nada dos outros.
      Acredito que o negócio vai dar certo. Foi uma bola fora do meu irmão.

      Abraços.

      Excluir
  6. Fala, Cowboy, blza? Muito chato ter dado essa mesbla com o boi, principalmente pq já havia acertado que não entraria nesse tipo de negócio.

    Mas acho que o tempo ainda é muito curto para avaliar o resultado, espero cenas dos próximos capítulos.

    Uma dúvida, na sua cidade tem época de seca? Acho que é nessa época que quem lida com engorda ganha mais dinheiro, pois consegue comprar gado barato de quem não tem condições de bancar água e ração nesse período, quando inclusive o preço da carne costuma subir.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IC,

      Sim, é muito cedo para avaliar, só relatei a besteira inicial mesmo.

      Agora começa o período de seca, acredito que por volta de julho vamos encontrar muita gente querendo vender gado devido a falta de comidas.

      Abraços.

      Excluir
  7. Cowboy, tomara que dê certo, mas negócio em família é pra lá de delicado.
    Quanto ao peso, que tal se vocês comprarem uma balança. Não vale a pena?
    Que tal registrar os pesos em uma planilha e também a quantidade de ração, assim vocês podem mensurar se está sendo eficiente aquela quantidade de ração x tempo ou não.
    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FPI,

      Meu irmão é tranquilo para mexer. Acho que vai dar certo. Assim espero.
      Por enquanto meu irmão não recurso para comprar balança agora, mas mais para frente dá para ele comprar uma no valor de 4k (a mais barata). Temos um vizinho que tem uma. Dá para levar o gado lá e pesar. Falei para ele fazer isso.

      A ração do silo ele não pesa, mas a que é mistura é pesada. Geralmente uma vaca come entre 16 a 20 quilos de ração por dia. Isso dá para calcular. Por enquanto o gado não tá dando prejuízo em relação a comida. O prejuízo foi devido o calculo da pesagem do boi na hora da compra.

      Abraços.

      Excluir
  8. Muito interessante. Espero que dê certo, sabendo gerenciar parece bem promissor. Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDC,

      Obrigado. Sim, é bem interessante. Sabendo gerenciar dá para ganhar dinheiro.

      Abraços.

      Excluir
  9. Ola Cowboy, acompanho seu blog e muitos outros aqui da blogsfera e espero algum dia relatar aqui as minhas negociatas.

    Observei um detalhe e quero dar uma sugestão, é que vc falou que o comercio de boi é ruim em sua região e seu irmão comprou um já pesando 22 arrobas, que creio eu, se deixou levar pela emoção pois já criou boi de rodeio.
    Não seria melhor comprar gado magro ou novilhas em torno de 7 ou 8 arrobas, pois são animais com grande capacidade de aumento de peso, principalmente vacas bem magras que tem muita “caixa” para engorda, pois um gado que está com peso/preço estourado no final das contas acaba deixando sua margem de lucro menor.

    No mais fica aqui meu agradecimento por suas publicações e também dos amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo. Obrigado por me acompanhar e pelas dicas.

      Sim, ele comprou pela emoção mesmo.
      Estamos comprando vacas magras e novilhas magras. Essas sim tem uma margem grande de lucros. Tanto que meu irmão teve de 30% a 60% de lucros.

      Só o boi que deu prejuízo, mas como falei: por errar na pesagem. Também a margem de lucros é bem baixa nesse tipo de animal.

      Abraços.

      Excluir
  10. Que legal Cowboy, nunca conheci alguém que investisse em vaca.
    Continue escrevendo

    um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado IU.

      Sim, vou continuar relatando aqui.

      Abraços.

      Excluir
  11. Sei que vocês ainda estão no começo mas seria bom comprar uma balança. Conheço muito fazendeiro que tem balança "errada". Não sei qual a sua região mas o Banco do Nordeste, o banco da Amazônia e alguns outros tem linha de crédito rural para compra de bois, balanças, fazer cerca, etc, com juros de 5% a.a. ou até menos. É uma excelente forma de alavancar os negócios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá GB,

      No futuro acredito que meu irmão vai comprar uma balança. Isso é melhor para não depender de balança dos outros. Pesquisei e existem balanças baratas que nem precisa de empréstimos. Lá tem o banco do Nordeste.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir
  12. Fala Cowboy!

    Boa sorte no seu investimento, e como dizem diversifica e tendo outras fontes de renda, sempre é bom.

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SB,

      Obrigado pela mensagem. É sempre bom diversificar, assim tendemos a baixar os riscos.

      Abraços.

      Excluir
  13. Parece ser um bom negócio.

    Só que criação de gado é para quem conhece. Vai um zé ruela da cidade se meter nesse negócio ou ainda querer ficar na cidade e deixar na mão dos outros para cuidar.

    Vai perder dinheiro que só.

    Gado dá dinheiro mas dá trabalho também e precisa entender do negócio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo.

      Você está certo. Vejo muita gente perdendo dinheiro por não conhecer nada. Na verdade a maioria perde dinheiro, pois eles não procuram aprender a trabalhar. Meu irmão aprendeu a fazer uma ração que as vacas engordam em menos de 60 dias. Nisso ele está melhor do que muitos fazendeiros de sucesso. Agora só basta ele manter o foco e continuar trabalhando sério.

      Abraços.

      Excluir
  14. É uma área de investimento que o conhecimento faz toda diferença, o que sempre preocupa, é negócios envolvendo família.. Quando o negócio estiver com sucesso, será que ele não vai seguir sozinho, sem vc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AR,

      Negócio com família é complicado, mas também com outras pessoas.

      Eu não entrei no negócio por muito tempo. Só entrei para dar uma alavancada. Depois que ele já tiver dinheiro suficiente ele vai seguir sozinho. Pretendo ficar nesse negócio no máximo uns 6 meses.

      Abraços.

      Excluir
  15. Boa tarde Cowboy, tudo bem? Estou investindo em gado também, todavia tenho criado de maneira extensiva mas muito inclinado a migrar para o confinamento ou semi, teria a possibilidade de vc ver com seu irmão a fórmula da ração que ele está utilizando e as respectivas proporções utilizadas diariamente? Ficarei muito grato (kdpf23@gmail.com). Forte abraço aqui do Maranhão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleber,

      Vou perguntar para ele e passar o email.

      Abraços.

      Excluir
  16. Eu estou planejando um dia criar um Rancho em minha cidade natal, com vegetação nativa da Região (Semiárido), fiquei com essa ideia depois de ler sobre um Jardim Botânico no Deserto do Arizona.

    Também teria um lago artificial para prática de pesca esportiva. Uma mini-fazendinha com animais e pequenas culturas agrícolas para visitação. Um mini-parque para crianças, além de um pequeno restaurante de comidas típicas e forró pé-de-serra ao vivo todos os finais de semana.

    Seria um ambiente bem familiar, sem bebida alcoolica, paredões de som, enfim, uma ótima opção de lazer em uma cidade escassa disso.

    O problema é que eu não moro mais lá, não sei se dá para manter algo assim a distância. A contratação de funcionários (e não de conhecidos ou familiares) após uma seleção seria uma boa forma de driblar esse problema.

    O que você acha dessa ideia Cowboy?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Isso aí é tipo um hotel fazenda. Já fui em alguns e é muito bom. Eu acho a ideia interessante. Entre em contato com o pessoal que tem hotéis fazenda e pegue uma dica com eles.

      Abraços.

      Excluir
  17. Fala CI

    Bacana esse ramo aí, mas tem varias peculiaridades é igual vender carro e casa tem que ter os macetes do negócio. Mas isso vc só pega com o tempo mesmo.

    Desejo que de tudo certo.

    Mas só pra ser mais uma voz a fazer coro as inúmeras que já lhe alertaram aí acima: não faça negócios com parentes e amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDD,

      Esse negócio é muito complicado mesmo. Com o tempo a gente vai aprendendo. Espero que meu irmão aprenda.
      É complicado trabalhar com esse tipo de pessoa. Vocês tem razão. Eu pretendo investir pouco, isso foi só para dar uma ajuda a meu irmão.

      Abraços.

      Excluir
  18. VDD, acho que o Cowboy já colocou em algum post que veio do interior e a família já trabalha com terra/gado, então acredito que não é um ramo “estranho” para ele.
    Quanto a fazer negócios com parentes isso é uma questão muito relativa, eu por exemplo, tomei vários prejuízos fazendo negócios com meu pai (o último em média 30 mil), já com meu cunhado consegui ganhar uma boa grana e sempre com muita transparência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleber,

      Sim, eu sou da zona rural. Morei lá até os 18 anos, mas sempre estou indo para lá. Meus pais e alguns irmãos moram lá. Eu nunca fiz negócio com família, essa é a primeira vez.

      Abraços.

      Excluir