segunda-feira, 5 de março de 2018

A importância de ter pais conscientes financeiramente

Um dos melhores investimentos

Para quem não é leitor deste blog, eu vim de uma família muito humilde, mas muito batalhadora.  Que nunca deixou a peteca cair. Mesmo com todas dificuldades que meus pais tinham durante a minha infância, eles sempre procuram trabalhar para não deixar os filhos passarem fome e também procuravam educá-los.

Eu sou da década de 80 e passei por uma época muito dura. Não tinha energia elétrica, água encada onde eu morava. A energia elétrica e a água chegou quando eu tinha por volta de 14 anos. Então, água tinha que pegar de jegue, boi, na cabeça e a luz era por candeia. A vida não era tão fácil, mas eu achava normal, pois nunca tinha desfrutado de nada melhor. Claro que depois que a energia e água chegou a vida ficou mais fácil.

Eu relatei essas coisas anteriores para ver se algumas pessoas que andam sempre reclamando por aí se tocarem. Trate de aprender com as dificuldades que você teve e que vai ter na vida. Reclamar não vai te levar a nenhum lugar.


O porquê dos pais serem conscientes financeiramente


Mesmo com toda a nossa dificuldade, meus pais sempre nos educamos a ser consciente financeiramente. Eles não conheciam e nem conhecem sobre o mercado financeiro. Conhecem apenas a poupança. O que eles me ensinou e também a meus irmãos foi a poupar. Não gastar dinheiro com besteiras. 

Meu pai vendo que na roça não estava dando muito, ele foi por volta de 1995 para São Paulo e trabalhou por 9 meses e conseguiu uma grana até boa. Com isso a nossa vida melhorou muito. Coincidido com a época que o Brasil começou a melhorar com o plano real e com algumas melhorias que chegaram na roça.

Mesmo meus pais sendo pessoas que não estudaram muito (meu pai fez a 1ª série e mãe a 3ª série) eles sempre tiveram uma cabeça boa em não gastar com besteiras e nem ficar em bares enchendo a cara. Com essa mentalidade eles compraram terras, lotes na cidade e fizeram casas. Claro que meu pai poderia ser um cara muito bem de vida, mas ele faz do jeito dele e não aceita conselhos.

Como nós não vivemos em uma família mal estruturada, aprendemos a dar valor nas coisas. Ganhar dinheiro sempre investir em algo. Eu tenho 3 irmãos e 2 irmãs e todos estão buscando um jeito de ficar bem de vida. Meus pais tiveram sorte de nenhum ser uma ovelha negra. Claro que nem tudo são flores.

Lembro me que meu irmão mais velho trabalha muito na adolescência e conseguia até uma boa grana, mas ele gastava muito. Era muito vagabundo, torrava o dinheiro em betecos, viciado em sinuca, cigarros, bebia muito. Minha mãe e meu pai sempre davam muitos conselhos a ele, mas ele não importava muito. Foi um cara que apanhava quase todos os dias da minha mãe. Não sei se essas surras resolveram alguma coisa, mas depois que ele completou uns 17 anos ele mudou 100%. Ele é leitor deste blog, vai questionar, mas é tudo verdade.

Ainda falta muito para eu e meus irmãos ficarem bem de vida, mas sei que estamos no caminho certo. Cada um está buscando um meio para ficar bem. Meus pais não ensinaram a investir no mercado financeiro, mas sim a dar valor ao dinheiro e saber gastar consciente. Agora que temos acesso às informações isso fica a cargo de nós.

O que eu posso dizer é que se as pessoas forem bem educadas pelos pais elas vão apanhar menos da vida. Acredito que se meus pais fossem uns vagabundos e gastadores nós tínhamos apanhado mais ainda. Como eu fui sempre um "pão-duro" desde a minha infância, poupar nunca foi um problema. 

É isso pessoal. Seus pais ensinaram vocês alguma coisa? Ensinaram vocês a poupar?

Abraços,
Cowboy Investidor

33 comentários :

  1. Mudaria o título para: "A importância de ter pais conscientes".

    O básico sobre como lidar com dinheiro, gastando menos do que se ganha e procurando investir em algo é muito simples. Desde de sempre tem pessoas fazendo isso, inclusive pessoas humildes e de pouca instrução.
    Hoje é que há muita frescura, querendo gourmetizar tudo, pessoas dizendo que falta educação financeira e até falta mesmo, mas falta sobretudo é bom senso.

    Um núcleo familiar equilibrado faz um diferença tremenda na vida de uma pessoa e isso não depende exclusivamente de classe social.

    ResponderExcluir
  2. Eu mudaria o título do seu post para: "A importância de ter pais conscientes"

    Isso faz muita diferença em tudo, não só na questão financeira, questão financeira aliás costuma ser consequência.
    Lidar com dinheiro de forma saudável tem uma basa simples: Gastar menos que ganha e investir em algo. Isso é o básico e mais importante e sempre houveram pessoas inclusive humildes fazendo isso.
    Isso só reforça meu ponto de vista que não é necessário nenhum conhecimento sofisticado para ao menos fazer o básico, é só questão de disciplina e bom senso.

    Um núcleo familiar estruturado faz um diferença tremenda na vida de uma pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Obrigado pelo comentário. Você tem razão sobre o título do post.
      Realmente uma família bem estruturada faz muita diferença.

      Abraços.

      Excluir
  3. Bela história, tenho que parar de reclamar mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Meus pais são até hoje gastadores que vivem endividados e são viciados em um carnê de prestação. Tenho bronca do meu pai por no doutrinar a financiar e comprar a prazo, sei que tenho que honrar meus pais,mas não posso obedecê-los nesse quesito e sou considerado mesquinho quando falo que vou comprar minhas coisas a vista, eles logo rebatem que NUNCA vou conseguir, pois pobre nasceu para comprar a prazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PV,

      Esse negócio de pobre sempre comprar a prazo é papo furado. Você está certo em comprar à vista. É muito difícil mudar a mentalidade dos pais. É melhor deixar para lá.

      Abraços.

      Excluir
  5. Meus pais nunca foram pessoas de investir. Minha mãe no máximo poupa alguma coisa, porém meu pai não faz isso e hoje paga um preço alto. Sorte que ele recebeu uma herança. Agora eu e meus irmãos, todos somos investidores e poupadores desde novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gari,

      Bom que você e seus irmãos não seguiram a mentalidade gastadora de seu pai. Parabéns!

      Abraços.

      Excluir
  6. Fala Cowboy

    Que legal cara. uma bela história mesmo como diz o Pobre Vencedor. Torço ai por você e seus irmãos! Os meus (tenho 2) uma esta casada e procurando estar melhor. Minha irmã tem pulso firme e na casa ela toma decisões financeiras. Quando me pergunta, tento orienta-la com o pouco que conheço.

    E sábado, passei o dia com meu irmão. Aproveitei para instrui-lo, já que ele tocou no assunto. Ele é mais novo e está começando agora sua fase adulta. Aproveitei até para dizer o porquê de não gostar do socialismo, já que ele mencionou hehe.

    Quanto a meus pais, minha mãe sofre por se deixar levar pelo consumismo. Mas aos poucos vejo que está aprendendo. Já meu pai, sempre o vi como bem consciente e esses dias isso se confirmou. Ele me falou que sempre guardou dinheiro, só deixou de guardar quando estava na pior e tinha que quitar suas dividas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá II,

      Obrigado pelo comentário. Desejo o mesmo a você.

      Bom que seus irmãos estão seguindo um bom caminho e tem você que pode instrui-los.

      Abraços.

      Excluir
  7. Rapaz,

    Eu sofri com meus pais. Sofro até hoje. Os dois são completamente irresponsáveis financeiros, com o adendo de que ganham relativamente mal. Se eu dependesse deles pra alguma coisa, estava ferrado kkk. Inclusive eu resgato os dois financeiramente, minha mãe com menos frequência, mas meu pai é coisa de 6 em 6 meses, ou menos kkkkk. Pelo menos eles pagam de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Enriquecendo,

      Eu tenho sorte. Meus pais não precisam do meu dinheiro. Pelo menos você recebe.

      Abraços.

      Excluir
  8. realmente, faz muita diferença.
    o pouco que aprendi em casa sobre dinheiro foi com minha mãe, que sempre olhava preços, tentava economizar, apesar da renda ser baixa.
    aprendi a ser "pão duro" com ela.
    Obrigado por me colocar aí no blogroll!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VR,

      Eu também sempre olho os preços. Bom que você aprendeu com sua mãe.

      De nada. Não conhecia seu blog. Achei legal.

      Abraços.

      Excluir
  9. Tem que entender os comportamentos são derivados de um contexto. A maioria aqui comenta que os pais são "gastões", mas lembrem-se que eles foram criados no período de alta inflação, aonde o "correto" era receber o salário e sair correndo pra gastar. Isso fez parte dessa geração e se reflete no seu comportamento até hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SC,

      Pois é, eles passaram por uma época complicada. Meus pais nunca comentaram sobre isso. Acredito que eles não compravam quase nada em supermercados. Plantavam quase tudo.

      Abraços.

      Excluir
  10. Fala Cowboy!

    Pois é, e tem gente reclamando ae por pouca coisa, que lição que você deu, parabéns.

    Meus pais não tem educação financeira nenhuma, sempre viveram endividados, nesses ultimos tempos que dei um toque neles. Tenho 2 irmãs, ambas também não tem educação financeira, e tem o padrão média do brasileiro, gastões e etcs.

    Até por volta de 2015, eu mesmo tinha esse comportamento deles, ultimamente venho dando algumas dicas para meus pais sobre renda fixa e tals.

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SB,

      Pelos relatos que você escreve no seu blog. Seus pais sempre te dão trabalho. Meus pais não tiveram educação financeira, mas a pobreza forçaram a não ser gastadores.

      Apresente alguns livros de finanaças para suas irmãs. Talvez elas interessam.

      Abraços.

      Excluir
  11. Cowboy, desculpe me intrometer na sua vida, mas sugiro que pare de postar seu patrimônio, principalmente por seu irmão ler este blog. Família e a instituição mais importante mas também parente é serpente. Daqui a pouco vão te pedir grana e te chamar de egoísta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF,

      Eu já pensei em parar de postar meu patrimônio depois que meu irmão descobriu o blog. Ele está melhor que eu. No caso dele eu não me importo em expor meu patrimônio. Agora se outros parentes descobrirem eu irem parar de divulgar.

      Abraços.

      Excluir
  12. Cowboy, eu já fiz o caminho contrário. Meus pais, apesar de nunca terem feito dívidas, nunca pensaram em investir para conseguir algo maior no futuro, além de terem tomado algumas decisões erradas em negócios. Enfim, não cometeram excessos de gastos, mas poderiam ter tido muito mais na vida.

    Eu aprendi com eles muitas coisas importantes, como honestidade, respeito, etc, mas financeiramente, nos últimos dez, quinze anos, eu que acabei incutindo na cabeça deles a fazer algumas coisas diferentes. Hoje eles vivem bem, sem excessos, com sua aposentadoria.

    Parabéns pela história de vida! É mais um depoimento que elimina a ideia de que só vive bem quem já nasceu em berço de ouro e/ou que nosso país não oferece oportunidades de crescimento.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André,

      Bom que seus pais vivem bem. Pelo menos meus pais compraram terras. Isso os ajudou muito.
      A vida é difícil, mas se a gente correr atras, a chance de conseguir é alta.

      Abraços.

      Excluir
  13. Tive uma infância muito difícil, não tinha essa de poupar nada não. Literalmente, vendia-se o almoço pra comprar a janta. Meus pais e parente em geral não eram gastadores, nem poupadores. Viviam no estrito limite das possibilidades.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CI,

      Pois é, ainda bem que sua vida melhorou.
      Minha infância também foi difícil, mas quando melhorou um pouco conseguíamos poupar alguma coisa.

      Abraços.

      Excluir
  14. Meu pai é extremamente controlador com dinheiro, um pouco menos que o pai do Cris da série "Eu odeio Cris", cresci sem luxo mas também sem dívidas e hoje tenho certeza que dificilmente ele virá pedir ajuda pra mim, o que acho ser o maior legado de um pai, não incomodar seus filhos com problemas que era para ele ter resolvido e não tentar terceirizar plano de saúde, aluguel, etc... Conheço pais que literamente pedem mesada pros filhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CP,

      Que bom que seu pai é assim. O Julis é o cara.
      Conheço pais que sempre esperam mesada dos filhos.

      Abraços.

      Excluir
  15. Realmente é muito importante ter pais conscientes. Meus pais me ensinaram a poupar para comprar as coisas que eu queria desde pequeno. Meu pai era vendedor autônomo, então sempre tinha moedas que recebia de trocos. Ele me dava essa moedas e eu juntava para comprar algo, ao invés de gastar tudo com doces, por exemplo. Minha mãe foi fundamental nisso, ela foi a maior estimuladora para que eu juntasse as moedas. Se hoje eu dou valor ao dinheiro é graças a essa educação que tive desde criança. Quando os pais gastam muito e não se importam, os filhos terminam seguindo o mesmo caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Calvin,

      Bom que seus pais são exemplos para você. Geralmente os filhos acompanham os pais gastadores. Conheço muitos assim.

      Abraços.

      Excluir
  16. Legal que sua familia teve bons exemplos, mesmo aqueles que tem mal exemplo em casa vale a experiência de fazer diferente dos Pais, como eu já disse por ai Pais são seres humanos, possuem erros e acertos, temos que aprender e saber lidar com isso !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SP,

      É verdade. Se os pais forem gastadores devemos fazer o contrário. Devemos ter sabedoria.

      Abraços.

      Excluir
  17. Olha Cowboy, ensinar a "dar valor" no dinheiro e não ser um gastador vale, pelo menos, tanto quanto ensinar a investir.
    Tenho amigo que aos olhos dos outros, é muito "bem casado". A esposa ganha R$23k todos os meses. O problema é que ela gasta mais que isso pra viver (e não tem uma vida "incrivelmente empolgante").

    Eles te ensinaram muito dentro do que puderam. E que ótimo que a família toda é "boa", sem nenhum de "conduta errada"" Parabéns!

    Sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FPI,

      Isso é verdade. Só de ensinar a poupar já vale muito.
      Eu também conheço gente que ganha um bom salário, mas não sabe gerenciar o dinheiro e acaba em dívidas.

      Abraços.

      Excluir