segunda-feira, 23 de abril de 2018

8 regras básicas para investir na bolsa


Acredito que a maioria dos leitores que frequentam este blog já invistam na bolsa e já sabem como funciona, mas vejo por aí que a maioria das pessoas tem muito receio da bolsa e não sabe nem por onde começar. A seguir descrevo algumas "regras" básicas para começar a investir na bolsa.

1. Estude a empresa 


Aqui você deve estudar qual o negócio da empresa, entender como funciona o negócio, as contas, verifique se a empresa tem uma contabilidade saudável, ou seja, sem dívidas ou dívidas controladas. Como essa empresa ganha dinheiro. Estude os seus competidores, assim você saberá se essa empresa atende aos seus requisitos. Faça tudo isso que descrevi sem comprar nenhuma ação.

2. Diversifique


Não coloque seu dinheiro apenas em uma ação, tente diversificar em vários setores diferentes, por exemplo, setor bancário, alimentos, energia, tecnologia. Aqui também você pode investir em vários países, assim os riscos serão menores.

3. Aproveitar as crises


Na época de crises a cotação de muitas empresas boas caem, mas os fundamentos permanecem os mesmos. Aqui o povo fica eufórico e acaba seguindo o efeito manada e acaba vendendo no fundo do poço. É nessa hora que você pode aproveitar e comprar ações a um preço bom. 

5. Não ficar girando patrimônio


Não fique girando patrimônio toda hora. Se você escolheu ações para sua carteira e elas continuam boas, não venda só porque a cotação caiu. Siga firme com suas empresas, no longo prazo a cotação tende a seguir os fundamentos da empresa. Venda só se a empresa piorou e não segue mais os seus critérios.

4. Não tente adivinhar o futuro


Esse negócio que falam por aí. "Compre na baixa e venda na alta" é a maior falacia. Até parece que o pessoal sabe que ação não vai cair mais ou subir mais. Se fosse tão fácil assim, a maioria dos analistas e os experts do mercado financeiros seriam ricos. Não seja um especulador.

5. Seja paciente


A maioria das pessoas querem entrar na bolsa e ficar ricos em poucos meses ou anos. Ficam fascinados por algumas noticias que tal ação subiu 1000% em um ano e pensam que vão encontrar a bola da vez. Não siga essas noticias que tem por aí. Permaneça no seu plano de longo prazo. Reinvista seus dividendos e aporte o quanto puder, só assim você vai conseguir o que deseja.

6. Não acredite em charlatões


Há muita gente na internet vendendo cursos milagrosos de como ficar rico na bolsa. Se isso fosse verdade eles iriam ficar perdendo tempo fazendo propaganda de quinta categoria e fazendo videos no youtube? Desconfie dessas pessoas. Não dê bola para elas, há pessoas boas na internet e em livros que pregam a verdade e não iludem. 

7. Não faça empréstimo para investir


Algumas pessoas entram em consignados ou pegam dinheiro emprestado de familiares, amigos para investir na bolsa. Não faça isso. Invista o seu próprio dinheiro. A bolsa é renda variável e você pode ficar no vermelho por muito tempo e isso faz com que você não consiga pagar o dinheiro que você pegou emprestado. E claro, nada vai garantir que você vai conseguir uma rentabilidade maior do prometido do empréstimo.

8. Nunca perca dinheiro


Já ouvi muitas pessoas falando por aí. Invista só aquilo que você pode perder. Não concordo com isso. Se eu entrar com essa mentalidade na bolsa, não há porque eu investir. Eu sempre invisto para ganhar, perder é consequência. E acredito que no longo prazo quem investe em empresas boas ele sairá como um vencedor.

Essas regras são bem básicas. Há muito livros e materiais sobre o assunto na internet. O que escrevi foi voltado para investidor a longo prazo não para especulador.

Abraços,
Cowboy Investidor

Leia Mais ››

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Seu parceiro (a) também está em busca da independência financeira?


As pessoas que estão em busca da Independência Financeira (IF) deverão ficar atentos há várias coisas e umas delas é se seu parceiro (a) está com o mesmo objetivo que o seu, ou seja, buscando a IF também. Esse questionamento faço por vários fatores.

Vejo que a maioria das pessoas que frequentam a finansfera e os blogueiros tem o sonho de atingir a IF e morar  em outra cidade, outro país, viajar, etc. Mas vejo que poucos falam de seus (as) parceiros (as). E vejo que a maioria não fala que eles têm os mesmos objetivos e que também os ajudam a buscar a IF.

Para quem tem um parceiro (a) que não tem planos parecidos, isso pode acarretar muitos problemas, como: um divórcio que pode diminuir seu patrimônio pela metade, o que pode até tirá-lo da IF. Caso o divórcio não ocorra você independente financeiramente vai ficar frustando por não querer fazer o que pretendia. Também não poderá viajar por períodos longos caso seu parceiro trabalhe em um emprego fixo. E claro, ficar na mesma cidade ou pais. 

Então, no meu ponto de vista. Para os que tem uma pessoa a seu lado e que busca a independencia financeira, os dois devem estar em conformidade com isso. Pois no futuro ou ao longo dessa caminhada a chance é grande de seus objetivos dar errado.

Para aqueles que ainda não tem um parceiro (a) e que pretendem ter, deverão procurar uma pessoa que tem objetivos parecidos e não planos diferentes, pois isso também vai fazer que seu sonho não se concretize.

Obs.: Para quem não percebeu, eu comprei um domínio para o blog.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Projeto Boi Gordo


Olá pessoal.

Atualmente meu dinheiro está investido em ações, FIIs, Tesouro Direto, um lote em uma cidade pequena e uma mixaria na Funpresp (estes eu não incluo no fechamento de patrimônio). E neste mês eu comecei a diversificar um pouco mais e comecei a investir em gado. Agora com esse investimento, estou fazendo jus ao nome do blog.

Como já falei aqui no blog, meus pais tem terra e tenho um irmão que começou a trabalhar com engorda de bois. Ele começou por agora, gastou muito dinheiro para deixar a terra pronta e fazer silagem. Isso fez com que ele ficasse com pouco dinheiro para comprar gados para engorda.

Como ele está com pouco recurso (grana) eu lhe perguntei se ele queria que eu entrasse em parceria para dar ajudá-lo no início até ele se estabilizar. A parceria foi aceita, mas eu tenho voz ativa em que tipo de gado vamos comprar, o tempo que vai ficar confinado, etc. Tenho que sempre ficar conversando com meu irmão, pois ele é mestre de mudar de foco e pode acabar fazendo besteiras.

Pretendemos deixar o gado confinado até 2 meses. Vamos comprar gado magro e engorda-los. Como é um negócio pequeno, estamos comprando os bois na região perto da terra de meus pais. Como meu irmão já tem contato com um boiadeiro da região, o gado vai ser vendido para ele.

Minha porcentagem no negócio


Eu estou começando devagar e não estou alocando muito dinheiro. Vou ver como isso vai se comportar. Então, pelo meus cálculos, sendo realista. Teremos em média 30% de lucros bruto. Desse lucro eu tenho 15%. Por exemplo, se comprarmos um boi por R$1000,00 e vendermos por R$1300,00, o meu lucro será R$45,00 e R$250,00 do meu irmão. Claro, sendo esse boi comprado com o meu dinheiro. Nesse caso o meu lucro é de 4,5% em 2 meses (tempo máximo de confinamento). No meu ponto de vista é um lucro bom.

Eu não vou resgatar o dinheiro. Esse dinheiro será reinvestido para comprar mais bois. Assim, comportando como juros compostos. 

Riscos envolvidos 


Como todo investimento há riscos, investir em gado há vários riscos envolvidos, como:
  • Morte de animais
  • A arroba baixar muito
  • Não vender no tempo certo
  • Não engordar no tempo estabelecido

Durante as postagens de fechamento de patrimônio irei relatar como esse investimento está se comportando. 

É isso pessoal. Qualquer dúvida deixe nos comentários.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Proventos Recebidos - Março de 2018

Olá senhores (as).

O mês de março bati o recorde de proventos. A Itaúsa distribuiu um "caminhão" de proventos. Pena que essa quantidade de proventos não vai seguir nos próximos meses. Mesmo assim cada mês continua aumentando em relação aos meses anteriores.

Como tinha falado na postagem (proventos) anterior. Eu vendi o Fundo Imobiliário BRCR11 e comprei o ABCP11.

Pelo meus cálculos este ano baterei a meta de proventos  que tinha estipulado que era de 6k. Bom para mim.

Gostaria de ter uma boa grana para aproveitar e comprar algumas ações que estão em queda no momento. Assim aumentaria minha quantidade nelas, mas como meus aportes são só no início do mês, vamos deixar para o próximo.

A minha previsão é dobrar os proventos recebidos em relação ao ano passado. Esses proventos vêm dos FII's e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Março: R$ 1.351.02
Proventos Total ano 2018: R$ 2.134,41

Proventos Total ano 2016, 2017 e 2018: R$ 5.134,34

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos  







É isso pessoal. Espero que neste ano de 2018 eu consiga bater minha meta (6k) de proventos.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

domingo, 1 de abril de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Março de 2018: R$ 173.529,37

Olá Senhores (as),

Mais um fechamento de 2018. Agora o do mês de março. Esse mês a bolsa praticamente ficou estável. Dessa vez meu patrimônio cresceu com o aporte, diferente do fechamento anterior que nem o aporte foi capaz de segurar a baixa.

Dessa vez apenas a carteira de ações ficou no negativo. Os FII's tiveram uma rentabilidade que eu nunca tinha alcançado. O HGLG11 foi o responsável disso.

Algumas ações da minha carteira tiveram uma queda grande, por exemplo, a KROT3 e a CIEL3. Isso fez a minha carteira de ações ficar no negativo. A KROT3 este ano já caiu por volta de 25%. Ao meu ver a empresa não piorou, então continuo com ela. Será que é hora de comprar mais?

Os aportes foram em ações e FII. Por enquanto TD sem aportes.

Saldo Anterior: R$ 166.430,10
Aporte Anterior: R$ 5.369,12

Patrimônio líquido: R$ 173.529,37
Aporte em Ações: R$ 4.269,00
Aporte em FII: R$ 2.304,80
Aporte Total: R$ 6.573,80





Rentabilidade detalhada


A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas. Só que na última semana de março eu não corri devido a ficar muito gripado, coisa que não acontecia há anos. Este mês vou continuar na mesma pegada.

No violão estou praticando pouco, mas este mês vou voltar a tocar com mais frequência.

Tirei meu passaporte, agora só basta eu ir busca-lo. Agora já posso fazer minhas viagens internacionais. Por enquanto vou começar pela América Latina. Como falo um pouco de espanhol fico mais seguro. Para outros lugares irei quando meu inglês estiver melhor.


Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

quarta-feira, 28 de março de 2018

Modinhas - Você aderiu a isso?

Eu tenho observado de uns anos para cá é que há muitas modinhas no Brasil e em algumas partes do mundo. Moda é uma coisa que foi feita para acabar, mas algumas duram por alguns anos. Quem adere à moda isso é problema dele (a). Eu não sou uma pessoa de ficar acompanhado nenhuma tendência, mas muitos sempre gostam de acompanhar.  A seguir citarei algumas coisas que acho que é modinha.

Tatuagens


Tatuagem já existe há muito tempo. As pessoas usavam isso para diferenciarem de etnias, culturas, etc. Mas hoje não é usado para esse proposito.

Há alguns anos era difícil ver uma pessoa tatuada. Quem mais tinham eram roqueiros e malandros. Hoje isso virou febre. Se você ficar sem ver alguma pessoa por alguns meses e, quando encontrá-la poderá até assustar em vê-la, pois seu corpo pode estar todo modificado com as tatuagens. 

Eu ando por aí e o que mais vejo são adolescentes e adultos com o corpo cheio de tatuagens. Braços, pernas totalmente pintados. No meu ponto de vista algumas tatuagens estratégicas caem até bem, mas quando a pessoa exagera, isso já acho ridículo. 

Calças legging


Antes esse tipo de roupa era usado para praticar exercícios, mas hoje as mulheres estão indo para qualquer lugar com essa vestimenta. Muitas mulheres usam essas calças apenas para exibir a forma do seu corpo. Mostrar a pata de camelo. Isso é "bom" para nós homens, mas chega uma hora que até dá vergonha alheia em algumas situações.

Muitas usam essa calça para ir trabalhar em alguns serviços que exigem roupas mais formais. Segundo alguns colegas que algumas mulheres já foram notificadas por seus chefes para não irem trabalhar usando legging. 


Gays e lésbicas


Ser gays ou lésbicas nunca foi moda, mas parece que está virando. Ou esse pessoal não tinha coragem de sair do armário, ou com essa exposição gigantesca  de homossexualismo na mídia fez com que muitos jovens achassem isso legal e viraram a casaca. Só pode. Gays e lésbicas sempre existiram, mas parece que isso cresceu muito. Eu não sou homofóbico, cada um sabe o que é melhor para ele. Se você se sente feliz assim. Bom para você.

Essas coisas que eu citei são coisas que eu andei observando de uns anos para cá. Cada um sabe o que é melhor para a sua vida, mas antes de aderir há algo você se deve refletir se isso que você vai fazer é viável. 

Alargadores, aqueles cabelos samurai, aqueles cortes de cabelos e barbas que muitos falam que são hipster também acho que são modinhas.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 19 de março de 2018

Como eu corro e dicas para correr

Muitos dos leitores me pediram para eu falar como são as minhas corridas. Para quem não sabe, eu corro por volta de um ano. Antes eu jogava bola e corria e atualmente eu apenas corro. O que vou descrever aqui não é regra para ninguém. O que eu faço eu aprendi lendo artigos brasileiros, estrangeiros e também vendo vídeos.


Início das minhas corridas


Quando comecei a correr, na primeira semana eu corria 3 vezes por semana. Como eu jogava bola eu não tive muito problema com o fôlego, mas mesmo acostumado com o futebol, eu corria de 3 KM a 5 KM por corrida. E isso com um ritmo de 4:50 min/km a 5:10 min/km. 

Com o passar dos meses eu fui aumentando a quilometragem. Quando eu completei 3 meses eu já fazia 15 KM por corrida e um dia fiz 21 KM só para ver se conseguiria. Fiz com um tempo de 5:15 min/km, um tempo bem modesto, mas como eu tinha pouco tempo de corrida isso me deixou quebrado. Coisa que eu aconselho nenhum iniciante a fazer.

Com 6 meses de corrida e atualmente


Quando já tinha por volta de 6 meses de corrida eu já estava beirando os 20 minutos nos 5 KM. Como eu parei com o futebol eu aumentei o volume das corridas e passei a correr 4 vezes por semana. A minha quilometragem variava de 5 KM a 12 KM por corrida. 

Como vi que eu não estava melhorando o meu tempo eu comecei a fazer tiros (o atleta corre pequenas distancias: 200m, 400m, 1000m, etc com maior intensidade) e um tipo de corrida que é chamada fartlek (é um método de treinamento que alterna distâncias, intensidades e tipo de terreno de acordo com a disposição do atleta).

Com esses métodos que estava usando nas minhas corridas meu tempo melhorou um pouco. Participei de uma corrida de 5 KM e fiz um tempo de 18:42, ficando em 14º lugar. Depois dessa corrida eu não participei mais.

Lancei um desafio no ano passado que era fazer os 5 KM em 17 minutos em 4 meses correndo 5 vezes por semana, meta não batida. Como não bati essa meta resolvi contratar um treinador pela internet. O qual está fazendo uma planilha para mim conforme os meus resultados. Atualmente estou no início do 2º mês e estou gostando. Espero que dê certo e meu tempo baixe.

Como começar a correr 


Se você não faz nenhum exercício físico, o meu conselho é começar a caminhar nas primeiras semanas e começar a trotar e caminhar quando você se sentir mais confiante. É aconselhável que você faça fortalecimento de joelhos em academias e sempre aqueça e alongue antes da corrida.

Para quem não pode ir à academia, há alguns exercícios ao ar livre que ajudam a fortalecer os joelhos. É só procurar na internet. Você também pode contratar um profissional para te auxiliar nos primeiros meses. Não se esqueça de estar em dias com os exames de coração.

Use tênis confortáveis para as corridas. Não precisa ser caro, não entre nessa modinha de comprar esses tênis de R$700,00, há calçados bons na faixa dos R$80,00 a R$200,00. Mas isso vai de cada um. Você que decide qual tênis que vai usar.

Caso queira controlar o tempo e a quilometragem. Existem vários Apps para celulares e relógios para isso. Eu não uso relógio de corrida, acho muito caro. Então eu uso App no celular. Atualmente uso o Strava. É um aplicativo que também é uma rede social e dá para você interagir com os corredores. Acho esse App muito útil.

Canais e sites que leio e acompanho




É isso pessoal. Boas corridas. Qualquer dúvida deixe nos comentários.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››